Ana Palma, Quem Quer Namorar com o Agricultor
Ana Palma

'Quem Quer Namorar com o Agricultor'. Ana Palma vítima de violência

02 Junho 2021
Adicionar comentário

Ana Palma é a agricultora desta temporada de ‘Quem Quer Namorar com o Agricultor’, da SIC. A alentejana esconde um passado marcado pela dor, violência e separações.

Aos 36 anos, Ana Palma, a agricultora desta temporada de ‘Quem Quer Namorar com o Agricultor”, na SIC sonha ser mãe. Contudo, o seu passado foi infeliz no amor e com muitas desilusões, que incluem algumas situações mais delicadas.

Apesar da vida dura no campo, a agricultora sempre teve a sua vida normal e, aos 16 anos, surgiu a sua primeira grande paixão. “Ela diz sempre que o primeiro amor foi nessa altura. Ainda durou um ano, mas depois eles perceberam que não tinham assim tanta compatibilidade como namorados. Ainda hoje são amigos e vão falando”, conta uma amiga de Ana Palma à Tv Mais.

Com 24 anos, a agricultora conheceu o homem com quem viria a casar-se um ano depois. “Casei-me aos 25 anos. Fui casada durante quatro. As coisas não funcionaram devido ao envolvimento do meu marido com álcool”, disse Ana Palma no seu vídeo de apresentação de ‘Quem Quer Namorar com o Agricultor‘.

“O marido bebia muito e ela não aguentava mais a forma como ele a tratava. Foi uma fase muito complicada, porque a Ana sempre sonhou casar-se e acreditava que era para sempre”, revela a mesma amiga. Depois do divórcio, Ana Palma esteve sozinha durante cerca de um ano, até que encontrou novamente o amor. “Tive outra relação e não funcionou, porque havia falta de comunicação e insultos, muita agressividade verbal”, explicou a agricultora.

“Ela sofreu mesmo muito. Aquilo ainda durou sete anos, porque a Ana não queria outra vez ver o seu mundo desabar, mas ela aguentou muito, porque ele a tratava muito mal, chamava-a de tudo e mais alguma coisa, foi uma época negra na sua vida”, garante a amiga. Um dia, a agricultora da SIC decidiu colocar um ponto final e separou-se de vez. “Ela ficou com muitas marcas psicológicas, porque nunca imaginou passar por algo semelhante. Mexeu muito com ela”.

Artigo seguinte
Adicionar comentário