fbpx
Resumos SIC

Por Ti: resumo dos próximos episódios

Por Ti

 

Episódio 62

 

 

Destaques

Dulce interroga Renata sobre o beijo a Eugénio.

Eugénio acorda.

Bernardo explora a banda da filha e de Simão.

Isabel diz a Miguel que ele tem um bloqueio sexual. Miguel pensa em consultar Mary.

Helena na eminência de ser apanhada pelo filho em encontro com Paulo.

 

Paulo pede a Dieter o brinco de Helena, Dieter pergunta como fica Mónica nesta história e Paulo diz que precisa de perceber o que sente por Helena e que é mais forte do que ele. Dieter diz que não tem nada a ver com isso, mas acha que está a arranjar lenha para se queimar. Orlando entra na loja e aproxima-se de Mary que está a escolher cremes. Ele pede-lhe os seus serviços de terapeuta sexual para ajudar um amigo. Ela cede e diz que pode contar com a discrição dela.

Xana estaciona o táxi junto ao muro da casa de Dulce. Vê a lingerie estendida e tenta alcançar o muro, dando saltos, sem sucesso. Depois olha para a mala do táxi, a custo, tira as texanas e decide subir para cima da mala. Nesse momento Tó passa de mota. Xana ainda vira a cara, para fingir que não é ela, mas Tó pára de imediato ao reconhecer o táxi e a mãe. Xana pede-lhe ajuda para subir o muro e rouba um soutien. Tó vê o tamanho e pergunta de quem é, mas Xana não responde.

Bernardo vem ao gabinete da junta oferecer os serviços da banda de Rita e Simão para tocarem no arraial, consegue convencer Rui, mas diz que são 250€, acabando por baixar para os 150€.

Mónica comenta com Paulo a sua preocupação com Mia, acha que ela está a sofrer por Afonso estar praticamente a viver com Luísa. Paulo, incomodado, tenta mudar de assunto. Mia chega e conta aos pais que Rui vai fazer um arraial com cozido à portuguesa na aldeia velha. Diz que não vai fazer a desfeita de faltar ao arraial.

Afonso conta a Tó sobre o encontro que teve com Mia e como ela parecia que se estava a esconder, disse-lhe porque estava a viver no turismo. Tó goza com ele por namorar com uma e justificar-se a outra. Afonso fala da preocupação que sente com a mãe e como ela anda estranha.

Ofélia entra no salão e vê que está vazio. Decide roubar três frascos de verniz que guarda na mala. Armanda entra de dentro a tempo de vê-la guardar os vernizes, mas Ofélia não a vê. Aproxima-se de um secador, observa-o e tenta ver se cabe na mala, mas é surpreendida por Armanda que lhe tira o secador das mãos e os vernizes da mala. Chama-a de ladra. Ofélia diz que é por necessidade, a filha fez um mau negócio na venda da mercearia e quer conhecer o mundo. Diz que a filha não a deixa ir a lado nenhum com medo que passe mal por causa da anca. Ofélia pede para não dizer à filha que voltou a Rio Meandro.

Renata está sem paciência, assina os documentos que Nuno lhe pede. Dulce vem falar a sós com Renata e confronta-a com o beijo que Zé a viu dar a Eugénio. Renata, apanhada de surpresa mantem o depoimento dado anteriormente e diz que se trata da vida privada dela. Dulce diz que não anula o facto de haver uma investigação em curso e questiona se houve uma discussão passional.

Miguel estende um par de meias e uma camisa que acabou de lavar num banco da capela, quando vê Mary Louise entrar na capela. Mary fala sobre a ajuda que dá a pessoas que estão tristes porque perderam algo que as fazia feliz. Ele pergunta se falou com Isabel, mas ela mente e finge não saber quem é. Mary oferece-lhe os seus serviços deixando-lhe um cartão que ele deita para o lixo.

Luísa pergunta por Eugénio, Afonso diz que está na mesma e conta-lhe que se cruzou com Mia no hospital. Afonso quer dinamizar o rio e as paisagens para travar a barragem, diz que as entidades oficiais podem voltar atrás na concessão da barragem. Rui chega e convida-o para o cozido, mas Afonso nega o convite.

Bernardo diz a Rita e Simão que fechou um contrato por cinquenta euros para tocarem no arraial, dá uma nota de 20 euros para cada um e diz que ficou com 10 euros de comissão (quando na verdade ficou com 110 euros). Constança acha mal ele tirar comissão do primeiro concerto deles. Rita diz que não vão tocar num arraial. Constança afixa o retrato robô e goza a dizer que parece a avó dele. Bernardo fica em pânico.

Xana, perto do altar da capela, com o soutien que roubou na mão, olha em volta, mal-intencionada. Ouve Miguel e Isabel, que entram, vindos da sacristia, a conversar e esconde-se. Isabel vê-a, mas ela faz sinal para não falar enquanto se dirige para o confessionário. Miguel não se apercebe. Xana, sem o soutien na mão, faz sinais a Isabel para reposicionar Miguel de forma que Xana possa sair da igreja sem ser vista. A partir daqui, Isabel vai afastando Miguel do confessionário numa movimentação que parece mal coreografada. Isabel diz a Miguel que ele tem um bloqueio sexual para resolver e que Deus fez o homem e a mulher para se completarem, diariamente. Se ele não acredita nisso, nem vale a pena pensarem em recuperar o casamento. Isabel sai e Miguel vai ao cesto dos pais procurar o cartão de Mary.

Simão entra na tasca a falar com Rita ao telemóvel, acha que devem atuar no arraial. Adelaide diz que ele só fala em Rita e mete-o a pensar ao dizer que não quer ser sua amiga. Simão fica triste e confuso.

Paulo apressado diz que vai buscar os morangos, Mia tinha lhe dito que ia amanhã e há morangos na loja, mas ele diz que fica já despachado. Mónica vem entusiasmada com notícia das sondagens a dizer que Mia está apenas a um ponto de Rui. Paulo dá-lhe os parabéns e sai. Mia fica com esperanças de que pode vencer.

Na estrada, Luísa e Afonso caminham ao lado das suas bicicletas e falam sobre Rui. Afonso diz-lhe que o que lhe irrita mais é o pai querer usá-lo na campanha. Afonso estranha ver o carro da mãe parado junto à estrada, pois ela disse-lhe que ia para Vila dos Passos. Aproximam-se e vêm que está trancado. Decidem descer em direção à beira-rio.

Nuno ri-se depois de ouvir Renata contar que a guarda pensa ela tem um caso com Eugénio. Diz que teve de confirmar que andam próximos porque acharam estranho ela andar sempre no hospital. Renata não lhe conta sobre o beijo que viram. Renata diz que quer ter mais gente importante do lado dela, apenas o apoio de Rui não é suficiente.

Adelaide chorosa, está deitada sobre as pernas de Eugénio, que continua adormecido. Desabafa sobre Simão e nesse momento Eugénio mexe a mão. Está a despertar. Adelaide fica surpreendida.

Paulo estaciona ao lado do carro de Helena e desce para o rio. Afonso e Luísa vêm Helena de costas a admirar o rio. Helena vira-se para trás e fica tensa ao ver Afonso e Luísa a aproximarem-se. Afonso pergunta o que está a ali a fazer porque tinha dito que tinha uma reunião em Vila dos Passos. Helena vê Paulo, ao longe, a vir na direção deles. Afonso e Luísa estão de costas e não vêm Paulo. Na tensão de Helena.

(conclusão)

Tags
Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

Adicionar Comentário

Clique aqui para comentar

ATV News

<>