fbpx
Resumos SIC

Por Ti: resumo dos próximos episódios

Por Ti

 

Episódio 69

 

 

Destaques

Rui pede recontagem de votos.

Renata engana Zé e Neca enquanto Nuno troca voto durante o transporte da recontagem.

Paulo conta a Mónica que se envolveu com Helena.

 

Tosso, desanimado, está a arrumar os enfeites da festa da campanha da noite anterior quando Tó entra e mente-lhe ao dizer que não ia votar em Mia. Armanda entra furiosa porque viu Tó caminhar para a tasca e quer que ele arranje o secador, diz que esteve à espera de Tó à porta da oficina e ele não apareceu. Tó percebe que Armanda tem ciúmes por causa de Mary.

Nuno pergunta a Renata se teve alguma ideia brilhante. Renata quer que ele tenha um ataque de alergias e que chame Helena para tentar descobrir o motivo de ela se ter separado de Rui. Nuno fica furioso, diz que ela não lhe paga para estragar o sistema respiratório.

Na loja Bio, Afonso fala com Tó sobre o seu projeto dos passeios de bicicleta. Mia conta a Afonso que o pai foi lá a casa na noite anterior e que estava enervado e disse coisas sem pensar. Luísa entra e dá os parabéns a Mia que se mostra surpreendida. Luísa diz que votou nela pelo que defende em comum, mas continua desiludida pelo que lhe fizeram. Afonso diz que já pediu desculpa e Luísa diz que a fizeram de parva pela segunda vez quando a fez acreditar que ele gostava dela e que fazia sentido estarem juntos. Afasta-se e Luísa e Mia ficam desconfortáveis.

Constança e Bernardo falam da derrota de Rui e da possível não construção da barragem. Mary conta que quando voltava da capela um casal não queria que a filha andasse sozinha por causa de uma raposa que anda à solta. Renata pede que não falem da raposa a Nuno. Bernardo fica a pensar como ganhar dinheiro com raposas à solta em Rio Meandro.

Armanda faz unhas a Dulce. Isabel pede-lhes que assinem o abaixo-assinado para entregar na diocese e ajudar o Padre Orlando a ficar. Helena vem para falar com a mãe, mas Amélia não está.

No gabinete da Junta, Rui tem na mão uma moldura com uma fotografia sua, enquanto Presidente da Junta e olha-a com raiva. Renata está atrás dele e sugere que seja feita uma recontagem de votos, Rui não dá a parte fraca e diz que já tinha pensado nisso. Mia vem para fazerem uma passagem de testemunho a bem, mas Rui é arrogante e diz-lhe que vai pedir recontagem de votos. Mia acede e diz que ele lhe chama miúda, mas é ele que age como uma criança mimada.

Paulo faz o áudio para Helena e assusta-se com a chegada de Dieter, que lhe diz que está bem perto de ser apanhado ou dar-lhe um ataque cardíaco. Lara pede-lhes que assinem a petição para ajudar o padre Orlando.

Xana seduz Neca, quer ir com ele para uma cela para que Dulce os veja. Simão pede-lhes que assinem petição para ajudar Orlando. Xana diz que o conteúdo mais parece uma carta de amor, fica na hesitação de assinar.

Nuno espirra sucessivamente e finge-se mal enquanto Helena o examina. Ele tenta saber porque Helena se separou de Rui, mas Helena fica irritada e não lhe responde. Renata chama Helena para ir ao quarto dela ao lado, Helena vai e Nuno fica a vasculhar a mala dela.

Renata finge-se preocupada com Rui. Helena fica furiosa que estejam a intrometer-se na vida dela, mas Renata diz que ele perdeu muito na vida dele nas últimas horas e tem medo que ele faça alguma asneira. Helena diz que vai ficar atenta a Rui.

Nuno estranha ver notificações de várias chamadas de Paulo no telemóvel de Helena, quando vai para ver as mensagens, ela bate à porta. Nuno guarda tudo e dá-lhe cartão cidadão para ela lhe passar a receita.

Mónica acha estranho terem-se enganado na contagem. Afonso acha que o pai tem direito a pedir a recontagem quando se trata de um voto de diferença, Mia diz que faria o mesmo no lugar de Rui. Mónica discute com Paulo porque ainda não o viu sorrir desde a vitória de Mia. Paulo diz que é melhor comemorar depois de recontagem. Mia não quer que os pais se chateiam por causa dela. A sós com Afonso diz que também acha o pai muito tenso.

Dulce pede a Neca e Zé para irem buscar os votos e transportá-los para o tribunal porque vai haver recontagem. Zé diz que foi feita mais uma queixa por causa da raposa que agora atacou uma horta, Dulce diz-lhe que tratam disso depois e que a prioridade agora é o transporte dos votos.

Xana está zangada por Isabel estar a organizar o abaixo-assinado. Isabel fá-la ver que a atitude dela só prejudicou Orlando que pode ser expulso hoje de Rio Meandro, porque Dulce continua na vida dela. Xana reconhece que pode ter corrido mal e Isabel sugere que ela ligue para a diocese ainda hoje, mas ela recusa-se.

Nuno conta a Renata que viu notificações de várias chamadas de Paulo no telemóvel de Helena. Renata acha estranho e fica pensativa.

Helena visita Rui e mostra-se preocupada, mas Rui está revoltado e é mal-educado. Diz que não é justo que tenha de aceitar que Afonso saia de casa e esteja contra ele, que a mulher o rejeite no dia das eleições e que lhe peçam para ser simpático. Afonso e Helena ficam tensos ao vê-lo ir para dentro tão revoltado.

Mia confessa ao pai que está apreensiva com a recontagem. Mónica interrompe-os e diz-lhes que marcou mesa num restaurante em Vida de Passos para jantarem. Paulo não disfarça a tensão e Mia estranha, pergunta se ele não quer ir ao jantar. Ele diz que não deviam comemorar sem saber os resultados.

Neca e Zé conduzem o jipe onde transportam a urna com os votos. O carro de Renata está parado, meio atravessado na faixa e com os quatro-piscas ligados. Neca abranda e saem do jipe. Renata atarantada, mostra a manga do casaco a Zé. Está rasgada e o braço ensanguentado. Simula que foi atacada pela raposa para afastar atenções da urna e deixa-se cair nos braços de Zé que fica atrapalhado. Renata aponta para a zona oposta ao jipe para afastar as atenções de Zé e Neca. Nuno entra no jipe, sem fazer barulho. Abre a urna e tira do interior o saco de votos lacrado. Tenta abri-lo com os dedos, mas não consegue. Sem outra opção, rasga-o com os dentes e retira os votos. A pressa é tanta que espalha os boletins pelo jipe. Apanha-os à pressa e tenso enquanto Renata continua a afastar as atenções dos guardas. Nuno encontra finalmente o boletim que procura e amarrota-o, substituindo-o por outro que tira do bolso. Depois tira do casaco um saco semelhante ao que rasgou e repõe os votos no interior, fecha-o e lacra-o por fim.

Paulo diz a Mónica que fica em casa, não vai ao jantar. Mónica, incrédula, quer saber o que se passa com ele, está cansada de fingir que não percebe. Paulo diz que o problema não é ela, engole em seco e diz que se envolveu com Helena. Mónica fica em choque.

(conclusão)

Tags
Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

Adicionar Comentário

Clique aqui para comentar

ATV News

<>