SIC

Paulo Camacho relembra reportagem em Angola e emociona-se em direto

SIC/Site oficial

Paulo Camacho, ex-repórter de guerra da SIC, foi um dos convidados de Cristina Ferreira e falou sobre o seu percurso profissional e a reportagem “tocante” sobre o menino Ricardo.

Esta terça-feira, dia 11 de fevereiro, o ex- jornalista Paulo Camacho marcou presença n’O Programa da Cristina’, da SIC. A certa altura, o profissional, que trabalhou durante 15 anos na SIC como repórter de guerra, recordou uma das histórias que mais o marcou. O ex-pivô fez uma reportagem, em Huambo, Angola, sobre um menino de dois anos que, depois de sofrer algumas complicações, acabou por morrer.

Ao ver as imagens da reportagem, o antigo repórter ficou visivelmente emocionado. “Esta criança… nós seguimos as últimas horas de vida dela”, disse, confessando que, ainda hoje, lhe faz confusão ver as referidas imagens.

Paulo Camacho começou por contar que estava em Huambo, Angola, a trabalhar numa peça, quando decidiu ir ao hospital e deparou-se com Ricardo, um menino que tinha acabado de entrar na unidade, em estado grave.

“Foi ao acaso, nós vimos aquilo, o Renato Freitas, o operador de câmara que estava comigo, pegou na câmara e pronto… na reportagem, não sei se repararam, a minha voz nunca aparece, são só as imagens e a médica a explicar. (Não aparece) porque achei que não valia a pena, a história falava por si (…) “Saímos do hospital e voltámos duas horas depois e ele já tinha morrido”, contou, visivelmente emocionado com a história.

Recorde-se que Paulo Camacho, de 60 anos, abandonou a sua profissão depois de um enfarte há cerca de 13 anos. Agora, e depois de se ter desligado completamente da profissão de jornalista, está dedicado a um projeto pessoal com a sua mulher.

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

ATV News