fbpx
SIC

Noémia Costa: “Às vezes é difícil não chorar à frente das pessoas”

Noemia Costa Terra Brava

Noémia Costa celebra este ano 40 anos de carreira e fez um balanço intimista dos últimos meses. Porém, a atriz não esqueceu as fragilidades e os momentos mais difíceis.

Noémia Costa realçou que o nascimento do seu neto Lucas foi o seu maior presente este ano. A nível profissional garantiu, à TV Mais, que o papel que mais gostou de fazer até hoje foi a ‘Prazeres’ de Terra Brava’. Apesar de um balanço positivo, nem tudo foi fácil.

De repente, passamos de bestiais e bestas, em segundos, e somos descartáveis. E agora fiz o caminho inverso através de uma personagem. É um bocado isso, uma montanha-russa, mas a vida é assim. Sei lidar com as tempestades da vida“, começou por dizer em entrevista à revista.

Tenho visto coisas que me deixam completamente colocada ao teto. Mantenho-me fiel a mim própria, não vendo a minha alma ao diabo“, acrescentou. Noémia Costa admitiu ainda ser teimosa, apesar de considerar estar melhor do que há uns tempos atrás, mais paciente, lutadora e chorona. “Às vezes é difícil não chorar à frente das pessoas”, referiu.

O momento mais difícil até hoje foi ir para a Inglaterra e deixar a mãe, que vivia com ela, com os irmãos. A artista de ‘Terra Brava’ recordou a dor que passou, mas salientou que era muito importante ir para o estrangeiro porque em Portugal não se encontrava com boas condições de vida.

Foi na Inglaterra que recebeu o convite para dar vida a ‘Prazeres’ na trama da SIC. A Daniel Oliveira e Adriano Luz, diretor de atores da novela, Noémia Costa não poupa nos elogios. Quanto ao futuro, gostava de dar vida a uma vilã para se colocar à prova.

Leia também: Irmão de Tony Carreira fala em nome da família e agradece todo o carinho

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

ATV News