fbpx
Resumos SIC

Nazaré: Resumo dos próximos episódios

EPISÓDIO 47 (7 a 11 de setembro)

Destaques:

Nazaré vai poder reabrir a empresa.

Adolfo e Joanes são detidos.

Gil desconfia que foi Amélia que o incriminou.

No Restaurante, Adolfo fica tenso quando vê Toni a entrar com Joanes. Toni diz-lhe que já sabe que foram eles os responsáveis pelo fecho da Geliré e aperta com Adolfo até este confessar. Nazaré, que estava escondida, gravou tudo.

Adolfo tenta fugir, mas chega ao Mercado e é travado por Dolores, Glória e Joaquim que o impedem de escapar. Bernardo avisa-o que o vai levar para a esquadra, juntamente com Joanes, pois têm muito que explicar. Nazaré agradece a Toni toda a sua ajuda.

Em casa dos Soares, Joaquim faz nova tentativa de falar com Dolores, mas esta mostra-se fria e distante. Joaquim confessa estar cansado da sua brusquidão e Dolores diz-lhe que acha melhor ele sair de casa.

No Hotel, Júlia está muito nervosa e diz que foi chamada, mais uma vez, para prestar declarações. Nuno diz que Bernardo não podia ter ocultado o que descobriu, mas Júlia reclama-se inocente. Nuno tem medo de se ter enganado novamente.

Bernardo diz a Nazaré que Joanes e Adolfo podem ir presos por aquilo que fizeram e entrega-lhe o alvará que lhe permite reabrir a Geliré. Na felicidade de Nazaré.

Júlia está de rastos e confessa a Nuno que até ia pedir o divórcio a Roberto, caso ele voltasse. Nuno, com algum receio, diz-lhe que tem de ser mais cauteloso. Amélia aproveita e provoca o ex-cunhado, mas este nem lhe dá importância.

Nazaré está muito feliz por poder reabrir a empresa e Duarte, metendo-se com a mulher, diz que aceita a sua demissão da Atlântida. Bernardo informa-os que possivelmente Adolfo será detido nesse mesmo dia.

Natália e Rui tomam o pequeno almoço na Loja de surf. Rui informa a mãe que dispensa o dinheiro do irmão pois o que quer mesmo é metade de tudo aquilo a que tem direito. Natália olha-o espantada e diz que afinal ele é mesmo parecido com o seu falecido pai.

Gil vai à Loja de surf e devolve a Ana o dinheiro que alegadamente roubou reforçando que não sabe como o dinheiro foi para à sua mochila. Gil informa ainda que está a trabalhar para Duarte, no Pomar, e caso Ana se arrependa do que fez, sabe sempre onde encontra-lo. Ana não diz nada e fica de lágrimas nos olhos quando Amélia entra e diz que a avisou que Gil não era companhia para ela.

Ismael está no Restaurante e amachuca folha trás de folha, não consegue inspirar-se para escrever uma música. Glória não pretende ajudá-lo, diz não ter tempo pois precisa de se dedicar à produção de café. De repente, ouvem barulho no Mercado e Glória sai a correr empunhando o seu facalhão.

Estão todos a vaiar Joanes e Adolfo, que são levados algemados pela polícia. Nazaré pega num robalo e acerta com ele nas partes baixas de Adolfo, que fica roxo de aflição. Todos aplaudem Nazaré.

No Restaurante, Nazaré confessa a Toni a proposta que Rui lhe fez. Toni perde a cabeça, nem quer acreditar que Rui teve coragem para lhe propor tal coisa e avisa-a que não pode ceder às chantagens desse tipo. Vânia fica incomodada com a cumplicidade dos dois e vai embora chorosa.

Bernardo chega à Quinta e fica surpreendido ao ver Gil. Gil conta-lhe que agora trabalha para Duarte e que foi despedido do Hotel e acusado de roubo injustamente. Bernardo diz-lhe que pense se não haverá ninguém que lhe queira fazer mal e que tivesse disposto a incrimina-lo para o afastar. Em Gil pensativo.

Rui está na clínica quando Toni entra, empunhando um taco de basebol, e avisa-o para se manter longe de Nazaré. Toni bate-lhe com o taco na barriga e diz que vai ter de aprender a respeitar os limites dos outros.

Gil pede ajuda a Nuno, alegando que não roubou nada e que suspeita que Amélia o fez com o intuito de o afastar de Ana. Nuno diz-lhe que podem ver câmaras do hotel.

(CONCLUSÃO)

Resumo dos episódios anteriores

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

2 Comentários

Clique aqui para comentar

ATV News

<>