fbpx
SIC TVI

Media Capital lamenta ataque à SIC e ao Expresso: “É um atentado à sociedade”

Mario Ferreira Erc Tvi Cnn Portugal Logótipo, Media Capital
Instagram

A Media Capital, grupo que gere os canais do universo TVI, classificou de “atentado à sociedade” o ataque de que o grupo Impresa está a ser alvo. Desde domingo que os sites da SIC e do jornal Expresso estão sem funcionar.

Num comunicado divulgado à hora de almoço desta terça-feira, o grupo Media Capital “repudia os ataques informáticos de que foram alvo os sites do jornal Expresso e da SIC“.

Estes ataques não são apenas uma ameaça concreta à imprensa livre. Representam um atentado à sociedade, que tem o direito de se informar por meio de órgãos de comunicação social independentes e plurais. O Grupo Media Capital condena estes ataques e manifesta solidariedade com o grupo Impresa“, lê-se no respetivo texto.

Leia também: Hackers invadem sites da SIC e Expresso e exigem resgate

Na noite desta segunda-feira, o grupo Impresa emitiu também um comunicado no qual faz um novo ponto de situação. “Os sites do Expresso, da SIC e a plataforma OPTO foram alvos de um ataque informático. Por razões de segurança, pedimos que não aceda nem reencaminhe nenhuma das várias comunicações que estão a ser enviadas em nome das marcas do grupo Impresa“, surge na página de Instagram da SIC.

Continuamos a desenvolver as ações e medidas necessárias no sentido de resolver a situação tão rápido quanto possível. Obrigado pela compreensão. A equipa SIC“, acrescenta ainda a mesma nota.

Segundo foi noticiado na manhã de domingo, o ataque foi reivindicado pelo grupo Lapsus$ e está a ser exigido um resgate. “Os dados serão vazados caso o valor caso o valor necessário não for pago“, avisaram os piratas.

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

ATV News

<>