fbpx
SIC

Maria João Abreu: “Ou acorda bem, ou acorda com algum défice, ou não acorda”

Maria João Abreu, Sic
Instagram

Maria João Abreu está em coma induzido há quase duas semanas, depois do rebentamento de um aneurisma.

Maria João Abreu está a reagir bem à medicação, mas tal não significa que comece a ficar fora de perigo. É que com a atriz em coma induzido, e já submetida a diversas intervenções cirúrgicas, só se irá perceber se está – ou não – em morte cerebral com o alívio da sedação que induz o coma.

Ou seja, segundo explicou o neurocirurgião Bruno Lourenço da Costa ao jornal Correio da Manhã, Maria João Abreu “ou acorda bem, ou acorda com algum défice, ou não acorda“. São os três cenários em cima da mesa. “Pode ficar com alterações da personalidade, alterações cognitivas, da linguagem, da visão, da mobilidade“, acrescentou.

O mesmo órgão de comunicação social apurou também que, apesar do alívio da sedação, a equipa médica que se reuniu durante o dia desta quarta-feira, de modo a discutir os passos seguintes, vai manter “a analgesia e as medidas de conforto“.

Leia também: Em dia especial, Diana Chaves declara-se a César Peixoto com mensagem emotiva

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

ATV News