fbpx
SIC

Maria João Abreu. Médicos avaliam sequelas dos dois aneurismas

Sic, Maria João Abreu
Facebook

A atriz Maria João Abreu está internada há mais de uma semana, após sofrer um aneurisma cerebral e o seu estado continua a inspirar grandes cuidados.

Dois dias depois de ter dado entrada no Hospital Garcia de Orta, Maria João Abreu sofreu um novo derrame, que complicou o seu estado de saúde e é esse episódio que levanta mais preocupações à equipa médica que a acompanha.

Segundo o CM, antes do segundo aneurisma, a atriz estava “consciente, tendo dado entrada no hospital pelo próprio pé”. Uma semana depois, os profissionais já conseguiram fazer uma primeira avaliação às sequelas que o AVC hemorrágico poderá deixar em Maria João Abreu e o cenário é “muito delicado”.  “Apesar de já se ter drenado algum sangue, ainda há muito acumulado que os médicos ainda não conseguiram retirar”, conta uma fonte à referida publicação.

E acrescenta que se a estrela da SIC conseguir ultrapassar esta fase mais difícil, terá um longo caminho de recuperação pela frente. “A hemorragia deixou sequelas, afetou várias partes do cérebro. A recuperação será complexa.”

Coma induzido

A atriz encontra-se em coma induzido e os médicos tiveram de retirar parte do osso do crânio para procederem à descompressão e não poderá estar muito mais tempo nesse estado. “O coma induzido faz parte do tratamento, mas normalmente não é utilizado durante mais do que uma semana. O que pode acontecer é retirarem os medicamentos que estão a induzir o coma para ver como o paciente reage. Se aí, este não recuperar, significa que existe uma lesão gravíssima”, explica o neurocirurgião Bruno Lourenço Costa ao CM.

Leia também: Ambiente entre Daniel Oliveira e Cristina Ferreira “está picante”?

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

ATV News