fbpx
SIC TVI

Marco Paulo partilha mágoa de Mário Ferreira: “Não estou sujeito a ser espezinhado”

Marco Paulo, Mario Ferreira
Facebook

Marco Paulo viu o seu nome envolvido numa polémica relacionada com a TVI há uns meses e, numa entrevista à Nova Gente, falou finalmente sobre o assunto esclarecendo o que aconteceu.

Marco Paulo esteve em negociações com a TVI e com a SIC, acabando por optar pelo canal de Paço de Arcos, com o qual tem neste momento contrato de exclusividade e um programa com o seu nome. Mas durante as negociações, envolveu-se numa polémica com a estação de Queluz de Baixo que o acusou de “uma tentativa tosca e grosseira de especulação sobre o valor de mercado“.

Numa entrevista à revista Nova Gente o artista esclareceu o que aconteceu. “Não fui eu que me fui oferecer à TVI e, mesmo que tivesse sido eu a oferecer-me a qualquer canal a pedir trabalho, não era desonra nenhuma… Aquilo foi uma confusão… Eu já estava a trabalhar com a SIC… E a TVI também estava interessada e tinham ficado de me enviar uma proposta até às tantas horas de determinado dia… Mas essa proposta não apareceu…“, começou por explicar.

Eu fiquei à espera, em casa, e nada. Liguei a determinada pessoa e essa pessoa já não me atendeu. Entretanto, saiu aquele comunicado e eu achei aquilo muito feio“, recordou o cantor, esclarecendo que não se referia à diretora de Entretenimento e Ficção da TVI: “A Cristina não teve nada a ver com esta história. Eu gosto muito dela e somos amigos…”.

Sobre a pessoa da administração a quem se referia adiantou: “Foi uma pessoa de grande responsabilidade na estação e com quem colaborei muito. Essa pessoa tomou essa atitude… Esse comunicado existiu por ressabiamentoComo quem diz ‘ai não vens para nós, então levas com o comunicado em cima’. E foram dizer mentiras, que eu me tinha oferecido“, explicou Marco Paulo.

Apesar de não dizer nomes, ficou claro durante a conversa que o cantor se referia a Mário Ferreira, o presidente do Conselho de Administração da Media Capital e conhecido empresário de cruzeiros: “Eu almoçava com essa pessoa e gostava dela… Nem nunca mais me convidou para nenhum cruzeiro. Pois, naquela altura, convidaram-me para um cruzeiro e tudo. Mas eu quero lá saber do cruzeiro! Se eu quiser um cruzeiro, arranjo maneira de ir. Agora, não estou é sujeito a ser espezinhado por um cruzeiro“.

Leia também: Marco Paulo e Miguel Moura cantam juntos e emocionam o país: “Momento maravilhoso”

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

Adicionar Comentário

Clique aqui para comentar

ATV News