fbpx
SIC

Laura Dutra diz que “não foi nada fácil” gravar o fim de Maria João Abreu na novela da SIC

Laura Dutra, Maria João Abreu
Instagram

Depois da morte de Maria João Abreu, Laura Dutra admite que não foi nada fácil voltar ao ritmo de trabalho.

Maria João Abreu, que faleceu em maio deste ano, estava a gravar na novela da SIC, ‘A Serra’, e contracenava com Laura Dutra, uma das suas filhas na ficção. A jovem atriz admite que não “foi nada fácil” gravar o fim da personagem da artista.

“Tínhamos de fingir que aquilo era tudo normal. Foi a altura mais difícil das gravações”, confessou ao site Holofote.

Na trama, a personagem de Maria João Abreu vai para um convento e deixa uma carta aos filhos. Tal desfecho, que Laura acredita ter agradado à atriz: “Maria João era muito ligada a Deus e acho que ela gostou. Deve estar algures a pensar nisso. Foi a melhor maneira de a retirarem da cena sem haver um drama, convertendo-se a Deus. Sendo ela e a família ligada à igreja católica, não podia ter sido melhor”.

O retomar às gravações foi sem dúvida o mais difícil para todos os atores da novela da SIC. “Foi uma luta constante desde o momento em que ela deixou de estar no estúdio. Era muito difícil estar no décor dos Grilo. Havia ali uma energia saudosa. Era uma energia estranha. Mas nós batalhávamos e as cenas eram sempre alegres. Dava uma leveza ao décor e sentíamos que ela estava ali presente. Foi algo que falei com a Martinha (Ferreira) e com o (António) Camalier: ela estava ali connosco!”, finalizou.

Leia também: Laura Dutra assume relação com surfista: “Eu era mega fã dele”

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

Adicionar Comentário

Clique aqui para comentar

ATV News