SIC

Júlia Pinheiro admite que não queria ser mãe

A conversa entre mãe e filho que marcou as comemorações das 100 emissões do programa das tardes da SIC, Júlia, trouxe consigo uma série de revelações. A carreira, o amor e os filhos foram três dos tópicos centrais.

Mesmo depois de ter sonhado várias vezes com o dia em que entrevistaria a sua mãe, Rui Maria Pêgo, radialista da Megahits, revelou que estava nervoso porque aquele momento seria “uma coisa meia fora do corpo”.

Ainda antes da conversa arrancar, a voz das manhãs da Megahits declarou-se à sua mãe dizendo que a mesma é “a minha referência como mulher. As mães são os primeiros países onde habitamos”.

Entre declarações apaixonadas de mãe e filho, Júlia Pinheiro acabou por contar que quando se casou “não queria ser mãe”, acrescentando depois que “tinha decidido, se o teu pai não tivesse aparecido na minha vida, que não me casaria sequer”.

Em jeito de brincadeira, a apresentadora da SIC acabou por dizer que foi Rui Pêgo, o pai dos seus três filhos, que a fez mudar de ideias. “Queria ser mãe de um filho teu pai. Queria ser mãe de um Rui. De um clone”, comentou provocando muitas gargalhadas.

De recordar que o casal, além de pais de Rui Maria Pêgo, têm duas filhas gémeas: Matilde e Carolina.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of

ATV News