SIC

Júlia Pinheiro admite que não queria ser mãe

A conversa entre mãe e filho que marcou as comemorações das 100 emissões do programa das tardes da SIC, Júlia, trouxe consigo uma série de revelações. A carreira, o amor e os filhos foram três dos tópicos centrais.

Mesmo depois de ter sonhado várias vezes com o dia em que entrevistaria a sua mãe, Rui Maria Pêgo, radialista da Megahits, revelou que estava nervoso porque aquele momento seria “uma coisa meia fora do corpo”.

Ainda antes da conversa arrancar, a voz das manhãs da Megahits declarou-se à sua mãe dizendo que a mesma é “a minha referência como mulher. As mães são os primeiros países onde habitamos”.

Entre declarações apaixonadas de mãe e filho, Júlia Pinheiro acabou por contar que quando se casou “não queria ser mãe”, acrescentando depois que “tinha decidido, se o teu pai não tivesse aparecido na minha vida, que não me casaria sequer”.

Em jeito de brincadeira, a apresentadora da SIC acabou por dizer que foi Rui Pêgo, o pai dos seus três filhos, que a fez mudar de ideias. “Queria ser mãe de um filho teu pai. Queria ser mãe de um Rui. De um clone”, comentou provocando muitas gargalhadas.

De recordar que o casal, além de pais de Rui Maria Pêgo, têm duas filhas gémeas: Matilde e Carolina.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of

ATV News


Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close