fbpx
SIC

Jornalista Nuno Pereira regressa da guerra na Ucrânia e desabafa: “Não temos noção do perigo”

Nuno Pereira, Guerra Na Ucrânia
Instagram

Nuno Pereira confessou ainda que deseja regressar à Ucrânia para testemunhar a sua reconstrução.

Nuno Pereira foi um dos enviados especiais da SIC à guerra na Ucrânia. O jornalista regressou a Portugal após um mês e meio e, na manhã desta quinta-feira, 5 de maio, juntou-se a Diana Chaves e João Baião para uma conversa no ‘Casa Feliz’.

Enquanto assistiam a excertos da peça jornalística, Nuno confessou: “Fui eu que editei a peça com o José Silva [operador de câmara], e ali nós não temos grande noção do perigo que estamos a passar. É fazer o trabalho, enviar para lisboa (…) está tudo certo e começamos a fazer a próxima. Ainda não tinha estado sentado a ver a reportagem, custa-me um bocadinho…“.

João Baião questionou ainda o convidado sobre a preparação que um jornalista deve ter ao deslocar-se para este tipo de cenário, e Nuno Pereira explicou que não se preparou para o mesmo.

Eu tenho uma máxima que é: um jornalista é um jornalista. Seja a fazer aquilo que for. Os militares também estranhavam. Eu estive sete horas metido num bunker com ele, eles perguntavam quantas guerras eu tinha feito, porque estava tão tranquilo a comer… e eu disse ‘é a primeira guerra que eu faço. Eu faço normalmente futebol’, depois a conversa ficou de futebol”, contou.

Nuno Pereira sublinhou que é preciso haver “consciência” do local em que se está, e destacou que o que mais gosta na sua profissão é de “contar histórias“, sejam de que tipo forem.

Leia também: Equipa da TVI apanhada em fogo cruzado na Ucrânia. Jornalista relata momento de pânico

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

Adicionar Comentário

Clique aqui para comentar

ATV News

<>