SIC

João Menezes de ‘Quem Quer Namorar com o Agricultor?’ recorda passado difícil

Depois de João Neves, também João Menezes foi entrevistado por Júlia Pinheiro. O agricultor de Quem Quer Namorar com o Agricultor? recordou o seu passado, sobretudo os momentos mais dolorosos da sua vida. Um dos assuntos abordados foi o da separação dos seus pais que, garante, o marcou.

“Os meus pais entenderam que o melhor era ir uma semana para cada lado. Com isso, criou uma grande instabilidade de ambiente de casa”, conta Menezes. O rosto do dating-show da SIC confidencia que os progenitores tinham maneiras diferentes de estar na vida.  “Identificava-me muito com a maneira de estar do meu pai, que é uma pessoa mais de estar por casa. Apesar de tentarem combinar, é aí que entram as discussões. o que eu sentia é que tinha de mudar de postura de cada vez que mudava de casa”, recordou afirmando que perdeu muita da sua identidade. Foi, aliás, aos pais que recorreu quando a sua primeira aventura no campo correu mal. “Cheguei aos 30 a ter de receber a ajuda financeira dos meus pais”.

Durante a fase mais jovem da sua vida, João não nega ter sido um rapaz com alguma malícia e sempre com uma enorme vontade de dar nas vistas. Depois, nos tempos da faculdade, optou por uma vida boémia onde não faltaram, claro, está, muitas paixões. “Fui tendo algumas relações amorosas, por causa da minha instabilidade, por nunca estar satisfeito com o que tinha”, relatou.

Já sobre a ex-namorada João Menezes não poupa nos elogios: “Foi uma pessoa a quem devo muito. Em prol de nós, cedeu experimentar a vida de campo”. O agricultor aproveitou para reforçar a ideia de que a separação se deu não por falta de amor mas porque a ex-companheira não se adaptou à vida no campo.

Em jeito de balanço da experiência social que viveu graças à SIC, João explica os motivos da sua participação: “Não me sentia sozinho. sentia a necessidade de partilhar esta vida com alguém”. Em relação às candidatas garante que ficou amigo de todas elas mas não esquece os momentos de tensão vividos: “A Raíssa e a Liliana não se deram nada bem. Foram momentos muito tensos e não me apercebi do jogo e da manipulação. Queria sobretudo aproveitar e que elas aproveitassem. Ver aquele jogo todo que se foi instalando foi muito desapontante”.

ATV News


Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close