fbpx
SIC

João Baião: «Quando me mudei para a SIC não foi por dinheiro»

Joao Baiao João Baião: «Quando Me Mudei Para A Sic Não Foi Por Dinheiro»
Foto: Impala

Em meados de 2014, e depois de mais de dez anos na estação pública, João Baião trocou a RTP pela SIC, onde começou por apresentar os programas Sabadabadão e Portugal em Festa e, depois, passou a conduzir, ao lado de outras caras do canal de Carnaxide, Juntos à Tarde.

Recentemente, a SIC noticiou o fim do talk-show vespertino, no próximo mês de fevereiro, e João Baião teve uma reunião com a estação para renegociar o seu ordenado e analisar o seu futuro profissional. Conforme a revista TV Guia noticiou em dezembro, o apresentador viu o seu salário cortado, recebendo menos 10 mil euros. «Até 2019, o João passará a ganhar 15 mil euros [limpos] por mês», afirmou uma fonte próxima deste processo.

Agora, numa entrevista à mesma publicação, João Baião comenta o suposto corte no ordenado. «Vocês estão mal informados, porque o meu salário não desceu. Obviamente que me apelaram ao coração, perguntaram se estava disponível e eu (…) só tinha de ceder, até porque estou com a SIC neste momento, de corpo e alma. Tudo o que não seja injusto estou cá para isso, sou flexível», referiu.

O apresentador afirmou ainda à TV Guia que não foi o ordenado de 25 mil euros que o fez sair da RTP. «Quando me mudei para a SIC, não foi por dinheiro. Saí apoiado por uma ideia e num projeto profissional. (…) Não me arrependo de ter saído da RTP. Faria tudo igual, porque estes três anos na SIC fizeram-me crescer imenso».

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

Adicionar Comentário

Clique aqui para comentar

ATV News

<>