SIC

Joana Santos sobre a maternidade: “Não é fácil educar uma criança”

Reprodução Instagram

A atriz esteve este sábado à conversa com Daniel Oliveira, no ‘Alta Definição’, da SIC. Um antes antes da celebração do ‘Dia da Mãe’, Joana Santos falou abertamente sobre a maternidade. O rosto da SIC é mãe de um menino, o pequeno Ari, de dois anos, fruto do casamento com Simão Cayatte.

“Não posso dizer que me arrependo de alguma coisa. Acho que estou a fazer bem as coisas. A minha gravidez foi espetacular, super tranquila, correu muito bem, consegui o primeiro ano estar em casa com ele. Acho que é importante, porque ainda por cima como estive a dar de mamar durante 11 meses, e depois começar a trabalhar também era importante. Fazer televisão é muito exigente e, de repente, passei de estar completamente presente para, não é desaparecer, mas um bocadinho”, começou por dizer.

Joana Santos recordou ainda o momento que teve que ir para Madrid gravar ‘Vidas Opostas’. “De repente ia estar três dias fora, sem estar com ele. Mas, ao mesmo tempo, estava cheia de vontade porque já não trabalhava há três anos e era este dilema de vou deixar a minha cria e, de repente, ao mesmo tempo, também querer voltar ao trabalho”, acrescentou.

“Quando há muito amor envolvido parece que eles não sentem tanto. Ele sabe que as pessoas que o amam estão lá para ele. E nesta altura, principalmente até aos três anos, acho que é isto que eles precisam: amor, carinho e afeto”, disse, salientando que hoje pensa mais no futuro do que no presente. “Não é fácil educar uma criança, passar-lhe bons valores”, admitiu.

Rendida à maternidade, a atriz afirmou que aquilo que sente é “um amor” muito grande. “É tão bonito aquilo que se sente por um filho. É transcendente”, disse. Fazendo uma viajem ao passado, a artista reconheceu que nem todos os momentos foram fáceis. “Houve noites complicadas, sim. Acordar de duas em duas horas para dar de mamar não é fácil, mas tendo a ajuda do pai é essencial. E a ajuda dos avôs… Sou uma felizarda nesse aspeto. Tenho muita ajuda”, confessou.

Joana Santos recordou ainda o dia em que o agora marido a pediu em casamento. “Já estava um bocadinho à espera, mas foi muito bonito, de chorar”, lembrou, referindo que “nunca foi aquela pessoa que idealizava o casamento”.

Reprodução Instagram
Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita.Apple Store Download Google Play Download

ATV News