fbpx
Famosos SIC

“Isto aconteceu?”. O erro da SIC Notícias que está a dar que falar

EKsk9DMWoAAbM77 "Isto aconteceu?". O erro da SIC Notícias que está a dar que falar

A 1 de dezembro de 1640 Portugal iniciou o processo pela restauração da sua independência, numa ação que visou pôr fim ao domínio castelhano sobre o país. O dia acabou por ficar perpetuado na História Nacional como o dia da Restauração da Independência, sendo também feriado nacional desde 1823, o feriado civil mais antigo do país.

No entanto, e num dia recheado de cerimónias protocolares desencadeadas pelos órgãos de soberania nacional, a SIC substituiu a celebração pela independência pela comemoração da República, num momento que está a causar muito burburinho nas redes sociais, uma vez que o canal trocou a celebração de hoje pela de 5 de outubro, a Implantação da República.

Ao coro de internautas desconhecidos a brincar com a situação juntam-se nomes como o radialista da Rádio Comercial, Pedro Ribeiro, e Miguel Somsen. Pedro Ribeiro questionou se, de facto, a situação tinha ocorrido e Miguel Somsen foi mais longe e optou por avançar com uma pergunta de escolha múltipla.

Veja as publicações:

Hoje celebra-se?A. Implantação da República B. Restauração da IndependênciaC. Implementação da Restauração da…

Publiée par MC Somsen sur Dimanche 1 décembre 2019

 

75403226 125222301903098 3932026200689720526 n "Isto aconteceu?". O erro da SIC Notícias que está a dar que falar

 

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download
Subscribe
Notify of
guest
17 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Luís Espírito santo
Luís Espírito santo
10 meses atrás

E não contente com o erro, a reporter entra em directo a falar de costas para o palanque e no preciso momento que se entoava o Hino Nacional, não o respeitando com silencio

ZÉ SOCAS
10 meses atrás

Ela estava a trabalhar. Ou era durante o Hino ou então tinha uma carta de despedimento por falhar a reportagem no horário nobre. É que depois vem a novela e tem de começar a horas!

Francisco Botelho
Francisco Botelho
10 meses atrás

Uma VERGONHA. A ignorabcia cronica dos jornalistas, em especial SIC e TVI. Têm jornalistas que nao passam de ins chouriços, sem educação e SEM CULTURA. Qualquer criança sabe o elementar sobre o 1 de Dezembro. Mete VERGONHA o nivel de cultura desta gentalha saloia. E depois vêem os outros chouriços do governo defender as passagens administrativas, que os chumbos podem traumatizar as crianças …. PEROLAS A PORCOS

Arthur Oliveira Santos
Arthur Oliveira Santos
10 meses atrás

Escribas de leitaria..

Paulo Esteves
Paulo Esteves
10 meses atrás

Tantos cursos para quê? Isto simplesmente é ignorância, estupidez, falta de cultura geral, e tantos outros adjetivos.
Isto são situações recorrentes dos nossos órgãos de comunicação social.

Espectador de informação alternativa
Espectador de informação alternativa
10 meses atrás

É assim, quando cada vez se valoriza mais os canudos em detrimento da real inteligência de cada um. Percebe-se que um dos principais canais portugueses e ainda por cima num programa de informação, não existe filtros que impeçam erros crassos desta gravidade. Enfim, já não bastavam as gralhas, pior ainda que as gralhas, os erros ortográficos que são cada vez mais populares nas notícias de rodapé surgem agora as comemorações à medida da ignorância de cada “jornalista encartado”.

José Duarte
José Duarte
10 meses atrás

Impróprio para consumo …

António Branco
António Branco
10 meses atrás

Afinal tem gente atenta. Pensava estar a tornar-se num país de cegos surdos e mudos. É um erro inadmissível para um midia. Obrigado Portugal

Carlos
10 meses atrás

Para uma república de cáca ,una televisão de cáca.

José Sócrates e amiguinhos

Rir é o melhor remédio!
Olhem para a classe política deste país e vejamo-nos ao espelho.
A partir daí já podemos ficar mais descançados, pois fazemos parte de uma “world class” com uma inteligência supra-sumo.
Isto foi um erro básico.
O maior problema é o estado do nosso planeta e o excesso de pessoas espertas que não fazem nada e limitam-se a existir.
O resto até vá que não vá, mais erro menos erro a malta até gosta.

José Bértolo
José Bértolo
10 meses atrás

Vocês não percebem nada de media politics & public relations. Então depois da bronca da CMLx condenar a repressão dos nuestros hermanos sobre os catalães queriam comemorar a restauração de Portugal?

Ana
Ana
10 meses atrás

Isto já para não falar daqueles jornalistas que quando fazem entrevistas de rua ao apanharem um estrangeiro não são capazes de falar inglês ou francês como é possivel isso num jornalista ? eu não entendo é isso é frequente nas reportagens uma autêntica vergonha

Luísa viana
Luísa viana
10 meses atrás

Uma verdadeira falta de cultura e de profissionalismo……como é possivel terem formação em jornalismo? Vão estudar história,!

Manuel Silva
Manuel Silva
10 meses atrás

Tanta gente a dizer mal dos jornalistas!? Então e quem os contrata não tem responsabilidade??? Não serão os principais responsáveis pelo nível dos jornalistas?? Condições medíocres = trabalhadores medíocres.
Querem galinha gorda por pouco dinheiro…

António Farinha Marçal
António Farinha Marçal
10 meses atrás

É por coisas assim que o nosso primeiro ministro quer que não haja chumbos no ensino das nossas escolas.
É que deste modo ninguém crítica ninguém .
Atualmente cultura geral no ensino não existe.
História de Portugal não existe porque é fachismo.

Carlos
Carlos
10 meses atrás

Errar é humano mas…. é natural que os espanhóis ainda estejam por cá e ainda gozem na nossa cara. A invasão não acabou.

Ruizao
Ruizao
10 meses atrás

Se nao tivesse havido implantacao da republica ,o erro nao teria ocorrido.

ATV News