fbpx
SIC

Impresa! Dona da SIC e do Expresso consegue o melhor resultado desde 2007

Sic, Expresso, Impresa

O grupo Impresa, detentor da SIC e do jornal Expresso, fechou 2021 com um resultado líquido positivo de 12,6 milhões de euros, um aumento de 12,5% face ao ano anterior. É o melhor resultado deste 2007.

No comunicado enviado pelo grupo Impresa à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), é referido ainda que as receitas anuais subiram 6,8%, tendo atingido os 190,2 milhões de euros.

Com estes valores, a dívida líquida é agora de 138,6 milhões de euros, menos 14,2 milhões do que no ano anterior. Trata-se do nível mais baixo desde 2005.

Em 2021, conseguimos melhorar os nossos resultados em toda a linha. Mesmo num ano marcado pela pandemia, as lideranças da SIC e do Expresso permitiram à Impresa crescer nas suas receitas, em especial na publicidade“, destacou Francisco Pedro Balsemão, presidente executivo (CEO) da Impresa.

A SIC conseguiu captar praticamente metade da quota de investimento publicitário entre os três canais generalistas. Na circulação paga, o Expresso foi a única publicação que vendeu, em média, mais de 100 mil exemplares por edição“, sublinhou.

Estes são os maiores lucros da Impresa desde o ano de 2007, fruto da dedicação e do esforço de quem trabalha no grupo, a quem é devida uma palavra de reconhecimento e gratidão“, acrescentou ainda Francisco Pedro Balsemão.

Leia também: Audiências: SIC regressa à liderança após duas derrotas consecutivas

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

Adicionar Comentário

Clique aqui para comentar

ATV News

<>