fbpx
SIC

Hugo Sequeira sobre surto psicótico que teve: “Entrei em alucinação completa”

Hugo Sequeira, Ator

Júlia Pinheiro recebeu esta quinta-feira, 27 de maio, o ator Hugo Sequeira, que revelou alguns detalhes sobre o período mais sombrio da sua vida.

Hugo Sequeira esteve à conversa com Júlia Pinheiro no programa das tardes da SIC. O ator acabou por confessar alguns detalhes sobre aquele que foi o período mais sombrio da sua história e quando saltou de uma janela no seu apartamento no segundo andar no dia 21 de julho de 2012.

Hoje consigo falar de tudo com uma tranquilidade e noção que não tinha na altura. Fui-me desgastanto entre trabalhos, problemas e riscos, como consumos… Tive um processo de desgaste (…) Foi tudo problemas pessoais, separação, as coisas todas na altura e acaba no que depois foi público“, começou por revelar o ator.

Acaba no que depois foi público, acrescenta ainda, referindo-se ao surto psicótico que quase lhe tirou a vida.

No entanto não foi uma coisa daquele momento. Embora aqueles dias finais até isso acontecer tenham sido algo que não desejo a ninguém… Fechei-me em casa. Não pedi ajuda a ninguém. Só com álcool. Entre os dez e os trezes dias não comi nada a não ser um bolicao. Ao fim de treze dias, o não comer principalmente, o não dormir, entrei em alucinação completa. Não desejo a ninguém, não consigo explicar“, avançou.

Depois da queda, Hugo Sequeira esteve internado durante três meses na ala psiquiátrica do Hospital de Cascais. O ator esclareceu ainda tudo sobre o salto de uma janela do seu apartamento.

“Toda a canalização mediática do acontecimento é para um salto de uma janela, como se fosse uma tentativa de suicidio. Ora não foi isso que aconteceu. Ou melhor houve um salto para janela, mas não foi isso. Eu, para já, não tenho tendências suicidas”, contou Hugo Sequeira.

A entrada para aquela casa, o meter-me naquela situação, o perder-me naquela situação e afastar-me do mundo e recusar toda a gente… eu não me tentei suicidar através de um salto de uma janela, eu fui salvo por ter saltado da janela. Porque eu tivesse lá ficado e não tivesse acontecido aquilo, eu tinha lá ficado mesmo”, confessou.

O que aconteceu foi que eu assustei-me com ruídos de me baterem à porta, paniquei e decidi saltar da janela para cima de um carro… Eu não estava em mim, é o que se chama um surto psicótico… Depois, bateram-me à porta, disparo a pensar ‘vou fugir por ali’. Eu saltei de uma janela e não tive um dano físico, mas ninguém se interessou por isso”, notou.

Hoje o que eu faria era pedir ajuda“, frisou Hugo Sequeira.

Veja aqui o vídeo.

Participação no Big Brother VIP

O regresso ao pequeno ecrã não foi, contudo, como esperava. Sem convites para o pequeno ecrã enquanto ator, Hugo Sequeira aceitou o desafio da TVI e entrou no reality show ‘Big Brother VIP’, em 2013.

Vou dizer isto sem qualquer tipo de sentido crítico, porque não o tenho mesmo: eu nunca gostei muito de reality shows. Nunca foi a minha praia. De repente, apanho-me sem nada para fazer depois daquilo que estava a acontecer, em recuperação, e sem cheta… E o que me apareceu para eu fazer foi entrar num ‘Big Brother’. Eu faço parte do tipo de ator que acha que se tem de preservar a vida pessoal para as personagens”, afirmou.

“Quando entrei naquela casa, soube logo que não podia estar lá dentro. Logo. Soube no primeiro dia”, acrescentou. E pediu de imediato à produção do programa para abandonar a casa mais vigiada do país.

Fui o primeiro a sair. Implorei para sair. Mas eu só fui para lá porque precisava de ganhar dinheiro. Mais nada. No entanto, como eu sempre tinha defendido o contrário daquilo, quando eu me vi lá dentro é que eu disse: estou a dar cabo da minha carreira. Não é sentido crítico aos programas, é às minhas escolhas”, rematou.

Leia também: César Mourão indignado depois de teste à Covid-19: “Nem o mostrei a ninguém”

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

Adicionar Comentário

Clique aqui para comentar

ATV News