fbpx
SIC

‘Hell’s Kitchen’. Rafael Pombeiro cozinha há 10 anos com o “grande objetivo” de deixar a família orgulhosa

Rafael Pombeiro, Hell'S Kitchen
Instagram

Rafael Pombeiro, concorrente do ‘Hell’s Kitchen Portugal’, já ganhou vários prémios, mas teve de abdicar de muitos momentos na sua vida.

Rafael Pombeiro é um dos concorrentes mais talentosos da segunda temporada do programa ‘Hell’s Kitchen’, da SIC, e foi graças ao irmão que descobriu a sua paixão pela cozinha.

“O Rafael não queria seguir Ciências ou Humanidades, estava mais numa de um curso profissional. Nessa altura, o Rui estava na Escola de Hotelaria e Turismo de Setúbal e ele decidiu ir para lá”, disse um amigo em declarações à TV Mais.

“Ele que nunca tinha explorado esse meio, encontrou um amor que desconhecia. Tornou-se um pouco workhaolic e focou-se em estar sempre a crescer”, acrescentou.

Aos 15 anos, Rafael Pombeiro já vivia sozinho, arranjou um estágio “num restaurante em Cascais e foi para lá viver durante três meses”. Mais tarde conseguiu fazer parte da equipa olímpica e até chegou a ganhar algumas medalhas.

Pouco depois, quando atingiu os 18 anos, foi estagiar para o Hotel Ritz, em Lisboa. “Foi um momento muito marcante da vida dele. E quando acabou o curso, o chef executivo do hotel convidou-o para ir para lá trabalhar. O Rafael nem pensou duas vezes e aceitou”, recordou.

No entanto, quando acabou o contrato despediu-se, apesar de estar efetivo, e de não ter mais nada em vista. “Os pais disseram-lhe que era maluco, mas ele fê-los ver que queria mais, queria um desafio diferente”, comentou. E Rafael Pombeiro conseguiu uma vaga no restaurante Belcanto, após lhe terem dito que só tinham oportunidades para um estágio de três meses, não remunerado.

Novo negócio

Rafael Pombeiro, de 26 anos, trabalhava no restaurante Prado, em Lisboa, quando se deu a pandemia, e acabou por ser despedido. Sem cruzar os braços, o concorrente do ‘Hell’s Kitchen’, teve uma ideia para um negócio próprio e pôs mãos à obra. Começou a fazer pokes (pratos havaianos de peixe cru, marinado, servido em cubinhos) e deu aos amigos.

“Deram-lhe um ótimo feedback e ele arranjou um logótipo, mandou fazer uns autocolantes, começou a página no Instagram e foi um fenómeno no verão de 2020”, começou por contar uma fonte à mesma publicação.

“Quando o verão estava quase a terminar, recebeu um telefonema anónimo, em género ameaçador, a dizerem-lhe que sabiam que ele não tinha licença, que fazia as coisas em casa e o Rafael não quis arriscar e decidiu fazer uma pausa”, acrescentou.

Sem desistir, o jovem de 26 anos, pensou em ir cozinhar a casa de quem o contratava e agora tem trabalho em conjunto com “uma empresa de catering e eventos que já está a um nível muito elevado”.

Todo este esforço acabou por retirar ao concorrente momentos importantes da sua vida. “Esta não é uma profissão fácil, requer muita dedicação e desde que começou o Rafael abdicou de muitos momentos, natais que não passou em família, aniversários, celebrações importantes. Mas foi por um bem maior e ele diz sempre que o seu grande objetivo é dar à família o que eles lhe deram ao longo dos anos e sentir que os deixa orgulhosos”, terminou.

Leia também: ‘Hell’s Kitchen’. Rafael Pombeiro já conhecia o chef Ljubomir Stanisic da luta contra o Governo

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

Adicionar Comentário

Clique aqui para comentar

ATV News

<>