fbpx
SIC

‘Hell’s Kitchen’. Ljubomir Stanisic e Daniel Oliveira revelam todos os detalhes

Ljubomir Stanisic Daniel Oliveira Hells Kitchen Sic

‘Hell’s Kitchen’ estreia já dia 14 de março na SIC. Ljubomir Stanisic e Daniel Oliveira estiveram à conversa com os jornalistas e revelaram vários detalhes do programa.

A apresentação começou com uma visita guiada aos estúdios do ‘Hell’s Kitchen’. Ljubomir Stanisic mostrou as cozinhas das equipas vermelha e azul e o local onde por norma vai ficar com vista para os concorrentes a cozinhar.

“Temos um dos melhores estúdios de sempre”, garantiu Ljubomir Stanisic aos jornalistas. Sala para conviverem, onde também vão votar, um bar e ‘a sala negra’ foram também alguns dos locais mostrados.

O chef garantiu que todos os concorrentes foram testados, nomeadamente os convidados que receberam ao longo do programa. “Diverti-me imenso. Há muito tempo que não me divertia tanto”, garantiu, elogiando também as condições da cozinha.

“A minha prestação é sempre mesma. É sem merdas, sem rodeios e fazer o meu trabalho. Não há personagens. Sou a mesma pessoa, não mudo”, afirmou.

O chef revelou ainda que no início os concorrentes estavam pressionados pelas câmaras, mas logo esqueceram devido à paixão pela cozinha. Admitiu ainda que todos os erros foram corrigidos e não podia estar mais orgulhoso em cada um dos participantes.

“Orgulho-me muito deles, de todos os que participaram. Deram o melhor, são todos profissionais na área e os erros cometidos foram todos corrigidos”, disse. Ljubomir Stanisic elogia ainda a organização feita pela produção em tempos de pandemia.

Os 16 concorrentes foram sempre testados e isolados durante as gravações e ninguém ficou contaminado com Covid-19 durante o programa.

Daniel Oliveira revelou, a certa altura, uma curiosidade. Um concorrente não conseguiu fazer um ovo em condições e quis colocá-lo no lixo. Ljubomir Stanisic interrompeu de imediato e alertou para o desperdício.

O programa traz castigos, como treinos de CrossFit, e compensações, como a melhor refeição. Quanto às expulsões não há regras, podem sair a qualquer momento se houver alguma situação grave.

Ljubomir Stanisic revelou ainda que os dois finalistas são grandes cozinheiros e contratava qualquer um deles para os seus restaurantes. Daniel Oliveira confessou que não pode dizer, para já, qual é o prémio final, mas pode divulgar que um deles é um carro.

O formato tem muito sucesso no estrangeiro, principalmente o que é conduzido por Gordon Ramsay. Porém, Ljubomir Stanisic garantiu que não vai seguir qualquer molde do programa lá fora.

“Tenho muito respeito pelo Gordon, é um grande profissional. Não era fã do programa porque não vejo muita televisão. Vi um programa no YouTube antes de gravar para ver. O nosso estúdio era maior que o americano e a sala é mais bonita”, disse orgulhoso, revelando que ainda não conheceu pessoalmente Gordon Ramsay.

Os critérios para as escolhas dos concorrentes foram ser profissionais ou semi-profissionais, o mesmo número de homens e mulheres e que o país estivesse representado nos vários concorrentes.

Ljubomir Stanisic revelou ainda que vai haver um programa especial sobre o seu país e confessou que se emocionou em vários momentos. Revelou ainda que se queimou no programa e 50% dos concorrentes cortaram-se, algo que considera normal por quem cozinha.

Quanto às audiências é algo com que não se preocupa até porque, como confessou, não percebe nada desse tema. O objetivo é apenas dar o seu melhor.

Leia também: Cristina Ferreira chama nome de peso para a nova novela da TVI

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

ATV News