SIC

Helena Isabel sobre o passado do filho, Agir: “Ele percebeu que se estava a destruir”

Helena Isabel esteve esta sexta-feira à conversa com Júlia Pinheiro no programa da tarde. Durante a entrevista, a atriz falou sobretudo do seu filho e o modo como este superou a dependência das drogas.

A atriz de 67 anos que ficou conhecida em programas como ‘O Tal Canal’ e ‘Vila Faia’ é uma das personalidades mais conhecidas da ficção televisiva. Mas também é mãe de Bernardo ou, como é conhecido do grande público, de Agir. O cantor é fruto do casamento com Paulo de Carvalho.

Helena Isabel admitiu que não se importa de ser conhecida, agora, como a ‘mãe do Agir’. “Não me importo nada. Fui tantos anos a Helena Isabel! Pedem-me selfies! Como não podem tirar com ele, tiram com a mãe (risos)!», revelou.

Em 2016, o filho contou, em entrevista ao Alta Definição, que tinha atravessado uma fase complicada com as drogas que durou dos 12 aos 20 anos. “Bebi uma cerveja e não gostei. Experimentei um cigarro e não gostei. Experimentei outras coisas e comecei a gostar. Dos 12 aos 20 ‘queimei-me’. Desde que acordava até que me ia deitar tudo era uma névoa”, desabafou o músico na conversa com Daniel Oliveira.

Aos 20 anos Agir conseguiu ultrapassar a dependência. Hoje, a mãe faz questão de o elogiar: “Felizmente não foi durante muito tempo mas houve uma certa altura em que o Bernardo teve uma fase difícil. Mas passou», recorda Helena Isabel, acrescentando: “Ele percebeu que se estava a destruir e deu a volta de uma maneira fantástica”, disse a atriz.

Helena Isabel quis deixar um recado a todos os pais que lutam a mesma batalha com os filhos: “Não desesperem e que tenham sempre esperança que as coisas vão ficar melhores”.

ATV News