SIC

‘Golpe de Sorte’: SIC diz que acusação de plágio é “delirante”

Reprodução SIC

“Se Cintra Torres, como diz, ‘é pai de uma criança’ que lhe foi separada à nascença, deve procurá-la noutros locais, porque Golpe de Sorte não está institucionalizada”, desafiou a estação de Carnaxide. 

Numa nota conjunta, SIC, SP Televisão e Coral Europa repudiam as acusações de plágiode Eduardo Cintra Torres. Na crónica semanal, que assina no Correio da Manhã, o cronista diz ser “o autor da ideia que dá origem à série Golpe de Sorte”, alegadamente “solicitada, em 2015, pela SP Televisão”.

A SIC e as duas produtoras “esclarecem que a premissa de Golpe de Sorte nasceu em novembro de 2018 no seio da Direção de Programas da SIC e é um formato original, estruturado e desenvolvido de raiz pela autora Vera Sacramento e produzido pela Coral Europa, uma empresa concorrente da SP Televisão”.

Intitulado ‘Golpe de sorte: a reposição da verdade’, o comunicado reconhece que a “ideia de alguém que nasceu pobre se tornar rico, de um dia para o outro, é indubitavelmente sedutora para quem escreve ficção”, e diz que portanto “uma falsa acusação de plágio é grave, feita sem qualquer prova ou sustento é irresponsável, nos termos em que Cintra Torres a faz, é delirante”.

“Se Eduardo Cintra Torres, como diz, ‘é pai de uma criança’ que lhe foi separada à nascença, deve procurá-la noutros locais, porque Golpe de Sorte não está institucionalizada, nem tem problemas de filiação. É uma série original criada na SIC, cuja autora é Vera Sacramento e produzida pela Coral Europa”, acrescenta.

Leia o comunicado na íntegra

«Golpe de sorte: A reposição da verdade

Em artigo de opinião intitulado ‘Golpe de azar, golpe de sorte’, publicado na edição de domingo, dia 9 de junho, do jornal Correio de Manhã, o crítico de televisão Eduardo Cintra Torres afirma-se autor da ‘ideia’ que dá origem à série ‘Golpe de Sorte’, líder absoluto de audiências em Portugal e que passa na antena da SIC a seguir ao Jornal da Noite. Detalha ainda Cintra Torres que a ‘ideia’ da série lhe foi solicitada, em 2015, pela SP Televisão.

A SIC, a SP Televisão e a Coral Europa repudiam qualquer associação à ‘ideia’ que Cintra Torres diz ter fornecido à SP Televisão e esclarecem que a premissa de ‘Golpe de Sorte’ nasceu em novembro de 2018 no seio da Direção de Programas da SIC e é um formato original, estruturado e desenvolvido de raiz pela autora Vera Sacramento e produzido pela Coral Europa, uma empresa concorrente da SP Televisão. Um facto que Eduardo Cintra Torres, enquanto crítico que se dedica à análise de conteúdos televisivos, deveria saber. A autora trabalha há uma década na Coral Europa, não tem, nem nunca teve, nenhuma ligação à SP Televisão.

A ideia de alguém que nasceu pobre se tornar rico, de um dia para o outro, é indubitavelmente sedutora para quem escreve ficção. A consulta de alguns clássicos de literatura ou uma breve pesquisa sobre outras obras de ficção que obedecem à mesma premissa atestam isso mesmo.

De resto, nem seria preciso um visionamento atento para se concluir que a série da SIC nada tem a ver com a ‘ideia’ de um ‘homem novo’ que se lança ‘à conquista de Lisboa; tropeça, mas tem a cabeça no lugar’, e que permitiria ‘alguma literacia sobre operações económicas e financeiras no imobiliário ou na Bolsa’. Ao contrário, ‘Golpe de Sorte’ passa-se numa vila imaginária chamada Alvorinha e tem como protagonista uma mulher vendedora de fruta chamada Maria do Céu. Toda a construção do universo que suporta esta série saiu da lavra dos seus autores e nenhum deles é Eduardo Cintra Torres.

Uma (falsa) acusação de plágio é grave, feita sem qualquer prova ou sustento é irresponsável, nos termos em que Cintra Torres a faz é delirante. Se Eduardo Cintra Torres, como diz, ‘é pai de uma criança’ que lhe foi separada à nascença, deve procurá-la noutros locais, porque ‘Golpe de Sorte’ não está institucionalizada, nem tem problemas de filiação. É uma série original criada na SIC, cuja autora é Vera Sacramento e produzida pela Coral Europa.

SIC
SP Televisão
Coral Europa»

5
Deixe um comentário

avatar
1 Comment threads
4 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
5 Comment authors
José TeixeiraRui F.MariaRuiAna Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Ana
Visitante
Ana

Uau … querem ver que a SIC foi desmascarada? Um comunicado tão grande, tanta justificação. Bom dizem que quem muito se justifica, aos poucos se entrega ou não consegue convencer a si mesmo. Cintra Torres há muitos anos que escreve como critico de televisão . Com tantas novelas que já existiram na televisão, nunca nenhuma outra lhe mereceu nenhum reparo. Estranhamente, em relação a esta novela, vem dizer que é plágio. Bom, estou no meu direito de pensar que Cintra Torres saberá do que está a dizer. Não ia inventar uma acusação de plágio e só com esta novela…porque sim.… Read more »

Rui
Visitante
Rui

Vamos a isso!

Morangos com açúcar – copia de malhaçao / new wave

Inspector Max – Rex o cão polícia.

Todos os talk shows da tvi foram copiados pelos de sucesso da SIC.

First dates – copia e tentativa de ter o mesmo sucesso que carro do amor/casados.

Séries de vampiros – copia de Lua vermelha

A tua cara não me é estranha – copia de chuva de estrelas

E a lista podia continuar… a SIC tb copiou alguns formatos. É a vida.

Maria
Visitante
Maria

Para mim a SIC nunca chegará aos calcanhares da TVI.Refiro me á qualidade de contiúdo e não. quantidade que a mim nada me diz .

Rui F.
Visitante
Rui F.

Completamente de acordo consigo Rui…

José Teixeira
Visitante
José Teixeira

Parece que estão todos com dor de cotovelo da novela estar a ser um sucesso. Faz lembrar a história do ovo de Colombo Parabéns à SIC.!

ATV News