fbpx
SIC

‘Esperança’. Estreia na SIC a nova série de César Mourão

Esperanca Sic Opto Cesar Mourao

Estreia este sábado, dia 19, na SIC e na OPTO a série ‘Esperança’ protagonizada por César Mourão.

“Esperança – A última a morrer” estreou-se em 2016 no Teatro da Trindade em Lisboa, a peça da autoria de César Mourão e Frederico Pombares foi um sucesso e serviu de inspiração à série que chega agora, quatro anos depois, à televisão.

A personagem já célebre de César Mourão, ganha obrigatoriamente uma outra dimensão, ganhou mais família, mais mundo e uma história de 450 páginas, que nos vai fazer rir e pensar, com uma curva narrativa e dramática acentuada que nos vai segurar à cadeira por mais de sete horas ao longo de 12 Episódios.
A estrutura é a de uma comédia de enganos, com uma pitada de suspense criminal.

Sinopse ‘Esperança’

Esperança, é uma carismática viúva octogenária que vive e “resiste” num muito cobiçado segundo andar de um prédio, no Bairro do Castelo, em Lisboa. Após um “inesperado acidente” com o senhorio, a agora arguida tem também que lidar com o seu filho e a ambiciosa nora, que juntos conjuram para que a viúva aceite um suposto “acordo financeiro” e abandone a sua casa de uma vida. Esperança vai revelar a verdadeira fibra de que é feita.

Episódio de estreia de ‘Esperança – O Natal’

Uma semana antes do natal e após receber mais uma carta de despejo, Esperança, “agride acidentalmente” à bengalada o sobrinho do senhorio que a quer para fora da casa onde vive há já cinquenta anos no Bairro do Castelo.

Artur e Leonor, o Filho e a Nora, apressam-se a interceder numa tentativa de gerir o conflito entre Esperança, agora constituída arguida, e o proprietário António, um elegante homem de oitenta e muitos anos que parece saber mais sobre Esperança do que ela imagina.

Na noite da consoada a família reúne-se à volta da mesa, onde deixa claro que dali não sairá a não ser no dia da sua morte. Para surpresa de todos, Esperança anuncia a chegada de uma “Hóspede”, alguém que vem para ficar.

Conheça melhor Esperança

Esperança, vive sozinha com Baltazar, um gato, e é viúva de Artur Lino de Albuquerque, um Capitão do Exército das Avenidas Novas com quem teve dois filhos, um deles ainda é vivo e chama-se Artur, casado com Leonor, uma enfermeira de Benfica com quem teve Rodrigo, o único filho, neto adolescente de Esperança.

Hermínia, é a melhor amiga, uma octogenária que foi empurrada para um T1 na Pontinha pela especulação imobiliária. Mas a sua mais fiel companheira é Paulina, uma Angolana de fibra que é mãe da adolescente Joyce, afilhada de Esperança.

Um dos quartos da casa vai ser alugado pela sobrinha Joana, filha da sua irmã Eunice. A jovem vem para Lisboa para trabalhar na Camara Municipal, e acaba por se tornar a advogada da avó nas muitas confusões que se avizinham.

É a única residente original do prédio de quatro andares no bairro do Castelo, prédio esse que ambiciona viver em exclusivo do turismo.

Mas após um “inesperado acidente” com Sérgio, o administrador do prédio e sobrinho do proprietário, a octogenária agora constituída arguida, terá que lidar com o seu filho e a ambiciosa nora, que juntos conjuram para que ela aceite um suposto “acordo financeiro” e abandone a sua casa de uma vida.

Mas esta é também uma história de amor. António, o octogenário proprietário do prédio, após o incidente aproxima-se, numa tentativa de ajudar a resolver a confusão. Este encontro com Esperança vai revelar uma história enterrada há várias décadas, e que nenhum dos dois está preparado para viver.

Para ver este sábado, dia 19, às 21h25, na SIC e na plataforma de streaming OPTO.

Vejas fotografias do episódio:

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

ATV News