SIC

Depois de gravar novela Maria João Abreu recorreu a ajuda médica para sair da personagem

Afastada do pequeno ecrã (no que à ficção diz respeito) há algum tempo, Maria João Abreu viveu, na novela Paixão, a sua última personagem. Isabel era uma mulher triste, deprimida, muito sofrida e que há bastante tempo teria perdido todo o gosto e vontade de viver.

O papel foi tão doloroso e marcante para atriz que, em declarações à revista TV7Dias, confessou ter recorrido a ajuda médica, no final das gravações, para sair da personagem.

“Foi muito intenso. Era uma personagem muito pesada, uma vítima de violência emocional. Eu entro a fundo nas coisas, às vezes demasiado… e todos os dias levava a personagem para casa”, revela Maria João.

Com 54 anos de idade a atriz da SIC confessou que viveu tamanho pesadelo que teve mesmo de recorrer a um psicólogo para recarregar energias. “A primeira semana que fiquei em casa nem me apetecia sair da cama. Só me apetecia chorar!”, confidenciou a atriz.

Embora dura, esta fase já terminou e Maria João Abreu continua repleta de novos desafios mas, desta vez, no teatro.

 

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita.Apple Store Download Google Play Download

ATV News