SIC

Cristina Ferreira não se considera a “salvadora da pátria” na SIC

© SIC

Após ter tomado a decisão de se transferir da TVI para a SIC, a apresentadora, em entrevista à GQ Portugal do presente mês, aproveitou para comentar os seus novos desafios na estação de Carnaxide. Cristina Ferreira começa por destacar a receção que teve na estação fundada por Pinto Balsemão, sublinhando o sentimento dos responsáveis pelo canal: «Boa, temos aqui alguém que nos vem dar as mãos nesta fase para nós conseguirmos o que queremos».

Habituada a liderar pela TVI durante os mais de 15 anos em que colaborou com a estação integrada pela Prisa, a agora apresentadora do canal da Impresa afirma: «Não vou para lá para ser eu a ganhar, agora, eu posso ajudar».

Apesar de não se considerar «a salvadora da pátria», garante que a SIC, após ter «vivido uma fase explosiva» e de posteriormente se ter habituado a «perder todos os dias», «está farta disso», sendo este «o momento de viragem». «Este é o momento em que todos queremos fazer diferente», assegura.

«Posso ser a chave [para a mudança], mas eles [SIC] são o cadeado», frisa.

Cristina Ferreira. Saiba quando estreia o novo programa das manhãs

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of

ATV News