fbpx
SIC

Cristina Ferreira já contratou substituto de Cláudio Ramos

Cristina Ferreira 3 E1581523288451 Cristina Ferreira Já Contratou Substituto De Cláudio Ramos
Instagram

Cristina foi apanhada de surpresa com a saída de Cláudio Ramos. Sem ninguém para o substituir, a apresentadora das manhãs da SIC encontrou uma “empregada de limpeza”. 

Na tarde desta terça-feira, 12 de fevereiro, Cristina partilhou, na sua página de Instagram, um vídeo a explicar quem é a “empregada de limpeza” do seu programa.

“Nós já andávamos a pensar na nossa empregada de limpeza há muito tempo. E já tínhamos sondado quem nós queríamos que viesse como empregada de limpeza. E nós sempre achamos que era a Raquel. Pequeno pormenor… nós ontem mandamos vir a Raquel e soubemos que a Raquel se chama Cláudia.”, disse nos Insta Stories.

Mas quem é, afinal, a mulher a dias que veio ocupar o lugar deixado vago por Cláudio Ramos? Chama-se Cláudia Faria e é atriz de profissão. Nascida em Sintra em 1979, “começou nas lides do teatro aos 18 anos e desde então não mais paro”, lê-se num blogue. “Divide a sua paixão por várias áreas do teatro, a principal é interpretação, seja em palco ou na rua, num espectáculo ou em animações de rua”. Faz atualmente parte da associação Éter Produção Cultural, que esteve recentemente n’O Programa da Cristina’.

 

Ora veja:

Cristina Ferreira Substituta Claudio Ramos 1 Cristina Ferreira Já Contratou Substituto De Cláudio Ramos Cristina Ferreira Substituta Claudio Ramos 2 Cristina Ferreira Já Contratou Substituto De Cláudio Ramos Cristina Ferreira Substituta Claudio Ramos 3 Cristina Ferreira Já Contratou Substituto De Cláudio Ramos

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

1 Comentário

Clique aqui para comentar

  • Honesta e sinceramente. Podemos ser sérios uma vez?
    Eu estou á vontade para falar porque o Claudio Ramos nunca foi figura que me fizesse ir atrás dele, só para o ver. Já disse que o BB merecia melhor apresentador, mas admito que possa ser preconceito da minha parte. Habituada a um registo do Cláudio Ramos, se calhar não o consigo ver em outro tipo de trabalho.
    Mas consigo ser racional e perceber que qualquer apresentador de televisão teve que um dia “ser lançado ás feras” e a partir daí evoluir. Todos nós aprendemos todos os dias com os nossos erros. Até a nivel profissional. As comparações serão inevitáveis entre Claudio Ramos e os 3 apresentadores que os reality show’s já tiveram. Nenhum foi do agrado de toda a gente. Todos tiveram críticas e Claudio Ramos deverá estar prepaprado para isso. Irá cometer erros como toda a gente, mas certamente irá aprender, evoluir.
    Para já tem uma coisa a seu favor. Gosta de reality show’s. Nunca escondeu que via esses programas e era um fã assumido deles. Quando se gosta, se calhar conseguimos ultrapassarmo-nos. Bem diferente é um director de programas, uma estação dizer a um apresentador..que foi ele o escolhido para apresentar um programa, mesmo que não seja do agrado dele. Faltará paixão, identificação, entrega.
    Agora comparar a saída da CF da TVI com a de Claudio Ramos da SIC?
    – A CF nunca poderá se queixar que na TVI nunca lhe deram oportunidades. Desde reporter do BB, a programas em dupla, sózinha, cargo na direcção, aumentos de ordenado,etc. E esteve 16 anos na TVI. Quanto a Cláudio Ramos, esteve 18 anos da SIC com que oportunidades? O que sabemos, não é pela boca dele. Não tinha contrato com a SIC, Eram as produtoras que lhe pagavam. Aumentos de ordenado outra treta. Para se dar 80.000 a um lado, falta para outro. Mas Claudio Ramos estava na SIC há vários anos. A CF acabava de chegar á estação. Para ela houve tudo. Para ele nunca houve nada. Talvez tenha chegado a hora dele mostrar o que vale e ser um apresentador de 1ª linha.
    – Outra diferença foi que Cláudio Ramos saiu para fazer uma coisa totalmente diferente do que fazia. Quanto á CF foi fazer na
    SIC o mesmo que fazia na TVI. Um “Você na TV” – parte dois.
    A ambição desmedida da CF, tem outro nome. Queria um programa em que pudesse servir-se do público para promover as suas marcas, os seus produtos. Não é bem melhor do que pagar os milhares de euros que pagam as outras marcas em segundos de publicidade?’
    Um culto da personalidade .O programa da Cristina. Com o nome dela. A “casa dela”. Fotos dela pelo estúdio. Por isso saiu da TVI. Não queria dividir o protagonismo com o melhor apresentador da televisão: Goucha.
    A TVI não aceitou o programa dela e fez muito bem. Não iam ter dois programas iguais. Para ela ter o programa dela, o Goucha teria que sair. E a TVI não foi otária em aceitar que um funcionário seu, usasse o seu posto e a estação para descaradamente promover os seus produtos. – Vizinho? Uma maneira disfarçada de apresentar o programa em dupla. Nunca permitiu que o Claudio tivesse o estatuto de co-apresentador .Isto de apresentar um programa diário de 3 horas a solo, tem muito que se lhe diga. Não está ao alcance de todos. Como tal, nada como arranjar uma história da “carochinha” como ele ser o vizinho. Uma posição de subalterno, o cãozinha da CF, o mordomo, com quem ela contracenava como se estivesse no teatro. Veremos quem se presta ao papel que o Claudio tinha. Nem todos estão dispostos a ser o criado dos cafés e só contribuir para o estatuto da CF
    – Até agora, o Claudio Ramos só teve agradecimentos á SIC .Até agora, nem uma crítica.
    Já a CF mostrou ser uma ingrata quando saiu da TVI e como o povo diz, “cão que não conhece o dono” Não por ela mudar de estação. Mas porque limitou-se a boquinhas, a “recadinhos”, a piadas .A CF acha-se a rainha da cocada e que todos têm que lhe prestar vassalagem. Pode ser das mais populares, mas nunca a melhor. E do comportamento ,atitudes e acções, avaliamos muito o carácter e a personalidade de alguém, sem ser só os gritos histéricos e as gargalhadas tontas e forçadas.
    – Por fim, que se saiba, Claudio Ramos vai sózinho. Não leva uma corte atrás dele. Vai á conta dele .Trabalhar com gente desconhecida, com uma equipa nova. Recomeçar do zero .
    Já a CF ? Coitada. Não conseguiu montar um programa á conta dos valores que tinha a SIC. Precisou de ir buscar meio mundo á TVI .Não teve escrúpulos em desfalcar a antiga empresa e os ex’s colegas. Não teve respeito, consideração,gratidão e ÉTICA profissional. A sua ambição e o seu ego acima de certos valores e principios. Quis brilhar á conta de produtor, camera man, repórter, stylist, comentadores, colaboradores e por aí fora, da TVI. Á conta do valor dos outros, conseguimos ser os maiores, não é verdade? A galinha da vizinha é sempre melhor do que a minha. Mas a CF mostrou as suas fragilidades e que em muita coisa, não passa de fogo de vista.
    Afinal, se quis que a SIC fosse buscar meio mundo á TVI, porque nunca exigiu que Claudio Ramos tivesse contrato com a SIC e melhor ordenado? Não era o seu “vizinho” que se prestou a ser o bobo do programa?
    Como eu disse, Claudio Ramos nunca foi das minhas simpatias. Mas consigo separar as águas e perceber certas injustiças.
    Uma coisa a vida já me ensinou. Demore o tempo que demorar, mas a vida, mais tarde ou mais cedo, encarrega-se de nos dar uma lição O que semeamos pelas razões erradas, iremos receber de troca. Humildade precisa-se, CF.
    Como dizem, o karma é lixado

ATV News