SIC

Cristina Ferreira cedeu à pressão a minutos de entrar no ar

© Divulgação SIC - Rui Valido

A segunda-feira de Cristina Ferreira foi marcada por um turbilhão de emoções: estreou-se numa nova casa, abriu o seu programa de sonho, ouviu Custódia Gallego falar pela primeira vez sobre a morte do seu filho, falou com Luís Filipe Vieira, viu a entrevista que fez à mãe de Rui Pedro e ainda teve tempo de atender a chamada do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

Depois de ter estado durante 3h00 a conduzir o seu primeiro programa e de ter falado com a imprensa, Cristina Ferreira parece só ter desligado e entrado no seu mundo, como tanto gosta e confidenciou ao Expresso e a Daniel Oliveira, ao final do dia. Para marcar esse desligar, Cristina fez uma publicação emotiva nas suas redes sociais, onde confessa que às 9h30 cedeu à pressão e chorou.

Ainda não sosseguei. Não consigo. Esta foto foi tirada às 9.30h. Foi o momento em que quebrei. Chorei e descarreguei toda a tensão e pressão dos últimos meses. Tinha chegado o dia. Tenho de agradecer a todos mas muito a este homem. O João. Está ao meu lado desde o início do sonho. Sem ele tudo teria sido mais difícil. É a minha tranquilidade, o meu abrigo. É meu.