Famosos SIC

Cláudio Ramos triste com quem abandonou Jô Caneças no dia do funeral

Cláudio Ramos abordou uma vez mais a morte de Jô Caneças, que no dia 4 de março perdeu a batalha contra um cancro no pâncreas. O profissional da SIC não esquece a mulher pela qual nutria uma forte amizade e lamentou que nem todos os que a acompanharam ao longo da vida tivessem estado presentes no último adeus à socialite.

“Foi muito triste dizer adeus a Jô Caneças. Ironia das ironias, despediu-se de todos numa terça-feira de Carnaval e dois anos depois de me ter contado em exclusivo a luta que travava contra o cancro. Achei mais triste ainda ver que ao seu funeral faltaram tantas pessoas. Estávamos poucos, os mais chegados, naturalmente, mas onde estavam todos aqueles que marcaram presença nas festas que ela dava? Nos banquetes que servia? E os muitos a quem ajudou?”, questionou Cláudio Ramos no espaço de opinião que tem na revista TV Mais.

As cerimónias fúnebres de Jô Caneças decorreram no dia seguinte à morte, na Basílica da Estrela, em Lisboa. Além dos familiares e do comentador da SIC, estiveram presentes outras figuras públicas como Cinha Jardim, Hernâni Carvalho ou a estilista Fátima Lopes.

1
Deixe um comentário

avatar
1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors
Herminda Pereira Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Herminda Pereira
Visitante
Herminda Pereira

Boa tarde,
Agora que ela morreu, a querida Jô Caneças não serve para mais nada para esses abutres.

ATV News