SIC

Cláudio Ramos deixa promessa a Diogo Faria: “Serei o melhor namorado que se pode ter”

Reprodução Instagram

No dia em que comemorou 46 anos, o apresentador da SIC fez um balanço sobre como correram os 45. O ano de vida que agora passou foi de viragem para Cláudio Ramos.

Em relação ao trabalho, Cláudio explica: “Foi o ano onde me meti (meteram) à prova profissionalmente. Ser escolhido para morar na casa ao lado da Cristina e entrar lá dentro constantemente deu-me e notoriedade que não me deram todos os programas que fiz até aqui num caminho que já tem 20 anos disto, mas acentuou-me a responsabilidade de que gosto e que chega sempre em doses extras quando vamos crescendo com o trabalho, ou o trabalho connosco. Este ano mudou a minha vida profissional e a forma como muita gente passou a olhar para mim”.

Já sobre o plano pessoal, o apresentador escreve: “Desiludi-me com pessoas, mas ‘descobri’ outras. Estou mais assertivo, selectivo, mais rigoroso mas menos caprichoso, menos cheio de mim mas continuo a achar que tenho os olhos verdes, porque continuo teimoso, apaixonado, vaidoso, a amar o azul escuro, o cheiro a torradas, a cama feita de lavado, o café acabado de tirar, a casa a cheirar a limpo”.

“Aos 46 serei melhor amante que até aqui e o melhor namorado que se pode ter, porque amar é um estado de alma que se alimenta até que o outro chegue e beba dele quando está esfomeado de sede ou só tem vontade de humedecer os lábios”, concluiu.

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita.Apple Store Download Google Play Download

ATV News