fbpx
SIC

Cláudia Vieira não quer voltar a apresentar o «Ídolos»

Apesar do balanço positivo nesta quinta edição do «Ídolos», Cláudia Vieira e João Manzarra tiveram uma concorrência muito forte intitulada “A Tua Cara Não Me É Estranha”. Além disso, os concorrentes também foram muito criticados. Há quem defenda que são muito novos e todos com características muito semelhantes, o que dificulta que exista um eleito desde logo. Esta edição também terá sido muito comparada com as anteriores.

Em conversa com a «Correio TV», Cláudia Vieira admite que: «o ‘Ídolos’ tem de respirar um bocadinho. Faz falta o programa estar três ou quatro anos fora do ar e só depois voltar. O formato é fortíssimo, funciona a nível internacional tem é de deixar crescer mais gente para aparecerem novos talentos».

Quando questionada se gostava de continuar a ser a apresentadora do programa, Cláudia Vieira demonstra ter as suas dúvidas. Sem querer afirmar que «Ídolos» é um capítulo encerrado, acha que faz mais sentido um intervalo de anos e talvez, quem sabe, uma mudança na dupla de apresentadores.

Recorde-se que este programa de talentos esteve ausente do ecrã durante 5 anos. Sendo que em 2005, Sérgio Lucas foi consagrado vencedor da 2ª edição e, só mais tarde, em 2009 é que regressou o formato. Filipe Pinto foi o ídolo eleito pelos portugueses em 2010 e relativamente a audiências – a SIC teve motivos para sorrir.

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

1 Comentário

Clique aqui para comentar

  • Um pouquinho mais de atenção, sff… Terceira edição (logo na primeira linha)??

    Já agora, gostava de perceber qual o balanço positivo que se consegue fazer deste (arriscaria a dizer mega) flop!

ATV News

<>