fbpx
SIC

Clara de Sousa recorda “origens humildes”: “Nunca as escondi. Quem se nega, desonra-se”

Clara De Sousa
Instagram

Clara de Sousa nem sempre teve a vida facilitada e abriu o coração para recordar a infância.

Clara de Sousa é atualmente pivô da SIC e apresentou recentemente a gala dos ‘Globos de Ouro’. No entanto, nem sempre teve a vida facilitada, pois cresceu na zona pobre de Cascais. Em declarações ao Expresso, a jornalista revelou que os pais sempre tiveram uma vida de trabalho e que ela e o irmão não tinham as coisas básicas como “fiambre e queijo flamengo em casa”.

“Tendo a ser uma pessoa poupada. Nunca conseguiria viver tranquilamente, com a minha alegria natural, a minha despreocupação natural, se estivesse sempre com a corda na garganta ou a viver acima das minhas possibilidades. Os meus pais conseguiram sempre mais com menos. A minha mãe dizia que o dinheiro não é de quem o ganha, é de quem o poupa”, relembrou.

A pivô da SIC contou que os pais construiram uma casa com a ajuda dos vizinhos, “enchendo placas de cimento e erguendo telhados”.“Uma das coisas que me marcaram foi a de que em minha casa nunca havia fiambre, nem da perna nem da pá, nem queijo Flamengo. Só comia essas coisas em casa da minha madrinha, onde a minha mãe começou a trabalhar aos 18 anos”, recordou.

“A minha mãe veio com 11 anos para Lisboa para ser criada, porque era isso que acontecia: as jovens vinham do campo para serem criadas na cidade. Se me perguntarem se faltou alguma coisa de essencial, direi que não. Nem me achava pobre. Era de uma enorme riqueza e de uma liberdade imensa! Tinha a possibilidade de criar e de ocupar o tempo como queria”, acrescentou. A figura pública entretinha-se com jogos de tabuleiro e na rua a jogar ao pião e ao berlinde.

No entanto, a jornalista admitiu que nunca escondeu as “origens humildes”: “Nunca as escondi. Quem se nega, desonra-se, e desonra todos os que estiveram antes e que permitiram que estivesse aqui”.

De salientar que os pais de Clara de Sousa já faleceram: a mãe com 56 anos devido ao cancro e o pai morreu este ano, em agosto.

Leia também: Clara de Sousa encanta fãs em boa companhia: “Que bela imagem”

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

Adicionar Comentário

Clique aqui para comentar

ATV News