SIC

Carolina Carvalho recorda doença da irmã: “Achava muito injusto”

Carolina Carvalho esteve à conversa com Júlia Pinheiro esta quarta-feira, dia 8 de abril, e recordou o momento em que uma das suas irmãs enfrentou uma leucemia em estado avançado, quando tinha apenas oito anos. 

“A Simone é um ser com muita força. Foi a que de nós todos foi mais posta à prova pela vida. Quando tinha oito anos, foi diagnosticada com uma leucemia e, durante dois anos, foi um período complicado para todos. Sempre fomos muitos unidos e fomos todos postos à prova porque, eventualmente, ela poderia não vencer esta batalha mas felizmente venceu”, começou por contar a atriz, emocionada.

Carolina é a irmã mais velha de sete irmãos e tinha, na altura, 15 anos. “Eu dizia sempre: ‘Mas por que é que não foi comigo porque sou a mais velha? Porquê com ela? Achava muito injusto e que não fazia sentido”, acrescentou, afirmando que chorava sozinha no quarto.

“Houve uma altura em que eu achei que, de alguma forma, os meus pais nos tentavam preparar para a possibilidade de nos termos de despedir e aí custou”, recordou.

“Eu acho que sofri esse período, dois anos mais tarde. Houve uma altura em que eu não percebia por que é que, às vezes, me sentia triste, porque é que, às vezes, havia algumas coisas que me revoltavam, e depois percebi que foi por que eu decidi não sofrer naquele momento e sofrer mais tarde”, confessou. A irmã venceu o cancro e a artista acredita que a família ficou mais forte.

Carolina falou ainda no início do namoro com David Carreira. Tudo começou com uma mensagem de Facebook mas só depois de vários anos é que os dois falaram pessoalmente. A namorar “há dois anos e uns meses”, optaram por manter o namoro discreto no início.

“É óbvio que assusta. [O David Carreira] tem uma legião de fãs muito grande. Demoramos tanto tempo a assumir o nosso relacionamento porque ele sabia que tudo me ia ‘cair em cima’ de repente. Ele ajudou-me muito porque sabia que eu ia sofrer isso. Tivemos muito cuidado por isso mesmo”, esclareceu, realçando que fizeram as coisas da forma certa.

Não esconde que gostava de trabalhar no estrangeiro e, por isso, não pretende ser mãe a curto prazo. A quarentena está a ser passada ao lado do namorado. “Tentamos manter uma rotina, levantamo-nos cedo, almoçamos e jantamos à mesma hora e aproveitamos para fazer outras coisas. O David continua a compor e a fazer músicas em casa e eu aproveito para estudar os textos do ‘Golpe de Sorte’. Temos cozinhado, temos feito bricolage”, rematou.

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of

ATV News