fbpx
SIC

Carla Andrino entrevista o marido e emociona-se: “Já disse o quanto te amo, meu amor?”

Carla-Andrino-Mario-Rui-1

Carla Andrino entrevistou o marido, Mário Rui, no programa de Júlia Pinheiro. O maestro recordou o dia em que se conheceram e o momento em que descobriu que a mulher tinha cancro.

Mário Rui começou a tocar piano aos seis anos e entrou no conservatório aos 9, onde se formou em piano.

Conheceram-se bem novos, Carla Andrino tinha 16 anos e Mário Rui 20.  “Noite memorável, espero nunca me esquecer”, começou por dizer o maestro.

“Eu achei que eras giro e tu, pensaste o quê?“, questionou a atriz ao marido. “A mais linda”, respondeu o músico.

Mário Rui recordou que o amigo ia com um primo ao encontro de duas irmãs, (uma delas era Carla Andrino), na noite de Santo António, em Lisboa. Contudo, o primo não conseguiu ir e como o amigo não quis ir sozinho, chamou Mário Rui para o acompanhar.

“Gostava de lhe agradecer (risos) Foi uma noite mágica, acho que o coração não parou desde que conheci esta irmã”, disse o músico.

Já a artista recordou que achou o marido giro no primeiro dia que o viu e adorou o seu estilo. Lembrou que no dia ele falava mais para a sua irmã, mas não tirava os olhos de si. Nesse dia, trocaram os números de telefone fixos.

“Gostei do teu lado enérgico que eu não tenho, sou mais reservado. O nosso equilíbrio tem sido esse”, disse o entrevistado. No dia 23 de junho pediu-a em namoro, dois anos depois, no dia 23 de janeiro de 1986, casaram-se.

Juntos, tiveram dois filhos: Marta e Martim. A ideia era ter quatro filhos, mas a forte personalidade do filho em criança fez com que o casal mudasse de ideias. Hoje, não poupam nos elogios aos filhos.

Carla-Andrino-Mario-Rui-2

 Carla Andrino recordou ainda o cancro da mama e questionou ao marido o que é que pensou no dia que soube a notícia.

 “Vamos estar juntos. Pensei: vai ser um ano que quero estar muito disponível e estive sempre”, respondeu. A atriz recordou que perguntou ao marido se algum dia pensou que fosse morrer da doença. Na altura, respondeu-lhe que mais tarde lhe dizia. Por isso, ia aproveitar esta entrevista para perguntar o mesmo.

“Não, vamos deixar isso para os próximos 30 anos”, respondeu o marido, deixando a atriz em lágrimas. Depois de o abraçar, explicou a razão de estar emocionada. “Estou a chorar não porque esteja triste, mas porque foi encarado com esta postura. Foi um companheiro desta viagem”, disse, salientando que o marido falava sempre em ‘nós’ durante a doença e não só ‘ela’.

Os dois garantiram que a imprensa sempre os tratou bem. Quanto ao dia que rapou o cabelo, Carla Andrino recordou que o momento foi planeado. A família juntou-se na sala da casa a ouvir um CD do marido enquanto cortava o cabelo.

 “É como se tivéssemos uma vida antes dos 50 anos e uma vida depois de 50”, acrescentou Mário Rui. O casal tem quatro netos, dois de cada filho e não podiam ser mais felizes.

A atriz terminou a entrevista a perguntar o que é inspira o marido hoje em dia. “O que me inspira? O bom de estarmos a viver o presente. E depois também é uma inspiração ter-te, amar-te e compôr para ti”, respondeu, afirmando que se inspirou na família para compôr o álbum ‘Albatroz’. “Já te disse o quanto te amo, meu amor?“, questionou, visivelmente emocionada.

 Leia também: Carla Andrino entrevista “olhos nos olhos” o marido Mário Rui

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

Adicionar Comentário

Clique aqui para comentar

ATV News