fbpx
SIC

Cristina Caras Lindas critica Júlia Pinheiro e acusa a SIC de explorar uma convidada

Júlia Pinheiro, Sic
Instagram

Júlia Pinheiro recebeu, no programa que conduz na SIC, uma convidada com uma dramática história de vida. Cristina Caras Lindas ficou surpreendida por o canal só divulgar a história e não esboçar qualquer tipo de ajuda.

Marta Romão esteve no programa de Júlia Pinheiro, na quarta-feira, na SIC. Ali, revelou uma história de vida dramática, tanto no passado como no presente. Segundo a convidada, chegou a viver num barracão onde chovia, por falta de condições financeiras, e foi trabalhar para o campo com apenas 13 anos. Pouco depois, sofreu duas tentativa de violação: uma em contexto familiar, a outra por um desconhecido.

Anos mais tarde, com 17, subiu ao altar e teve um filho aos 19. A felicidade, porém, não lhe queria bater à porta. O companheiro foi diagnosticado com esclerose múltipla e acabou por se suicidar. Voltou a tentar a sorte passados três anos, com um outro homem do qual acabou por ter uma filha, mas foi vítima de violência doméstica e acabou por herdar várias dívidas.

No testemunho que deu a Júlia Pinheiro, Marta Romão contou ainda que foi, ela própria, diagnosticada com fibromialgia e que sofre de uma doença autoimune. Tem bastantes dificuldades financeiras, tal como no passado, e o filho já tentou suicidar-se em duas ocasiões, devido a uma depressão.

Cristina Caras Lindas tomou conhecimento desta história e não consegue acreditar que o programa conduzido por Júlia Pinheiro não tenha dado qualquer ajuda à convidada. Para ela, trata-se apenas de uma exploração da história. Assim, deixou um comentário numa publicação alusiva à entrevista que foi colocada online na conta de Facebook do formato.

Estive a ver o programa. Já enviei mensagem para a Marta Romão. Estivemos a falar. Irei ajudar de todas as formas“, escreveu.

Deveria neste formato de programa que explora a história de alguém ser ajudada pelo canal. Foi sempre isso que eu fiz nos meus programas e com o meu próprio orçamento. Que sentido faz irem contar as suas terríveis histórias de vida sem ajuda alguma?“, questionou.

Que maravilhoso seria, no final da história contada, como por milagre surgir a ajuda / solução. Boa sorte é o que desejo“, acrescentou ainda Cristina Caras Lindas.

Leia também: Vanessa Oliveira fala sobre os desafios do confinamento com o marido e os filhos

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

Adicionar Comentário

Clique aqui para comentar

ATV News

<>