SIC

Atriz da SIC confessa que foi vítima de bullying e automutilou-se

Joana Lucas foi convidada de Júlia Pinheiro, nesta quarta-feira, e durante a conversa com a apresentadora, a atriz que participou na novela Paixão, da SIC, revelou que sofreu de bullying. Joana contou que era gozada na escola por os seus pais serem surdos e ter um irmão com problemas de saúde.

«Tudo começou quando eu tinha 9 anos e acabou aos 11/12 anos. As pessoas gozavam comigo por eu dizer mal as palavras, começavam a criar redes sociais com o meu nome, com a minha cara e diziam que eu me metia com os rapazes», começou por contar a atriz, que na novela representava uma jovem surda.

Muito emocionada e com a voz embargada, Joana Lucas contou um episódio de violência. «Lembro-me de estar sozinha e umas raparigas vieram ter comigo. Acabei por me levantar, e mandaram-me uma chapada, mandaram-me outra e nessa altura já estava a chorar.»

Sem conseguir ultrapassar este problema, a jovem atriz começou por se automutilar, numa tentativa de acabar com a dor. «Quando eu tinha mais ou menos 11 ou 12 anos cortava-me nos braços, eu quando estava no banho queimava as costas. Isto tudo porquê? Eu sentia uma dor tão grande dentro de mim que eu só queria que aquilo desaparecesse», relatou.

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close