fbpx
SIC

Associações de defesa dos animais apresentam queixa contra «O Poder do Amor»

03 O Poder Do Amor Atelevisao Associações De Defesa Dos Animais Apresentam Queixa Contra «O Poder Do Amor»
Bárbara Guimarães, apresentadora de «O Poder do Amor»
Bárbara Guimarães Apresentadora De «O Poder Do Amor»
Bárbara Guimarães Apresentadora de «O Poder do Amor»

Foi no passado domingo que em mais uma edição de O Poder do Amor foram utilizados animais no decorrer das várias provas a que os casais foram sujeitos. Contudo, já chegaram à ERC (Entidade Reguladora para a Comunicação Social) várias queixas contra o formato apresentadas por associações de defesa dos animais.

A Associação Vida Animal (AVA) foi uma delas, que aponta o «arremesso de galinhas» como o fator que despoletou estas queixas, refere o Correio da Manhã. Também a Associação Animal se junta a esta onda de indignação para com o formato da SIC e revela as suas intenções: «vamos tentar retirar os patrocinadores do programa, como fizemos com Quinta das Celebridades e Circo das Celebridades». Rita Silva, que fala em nome da associação, relembra mesmo que «no caso do Circo, este ficou mesmo sem patrocínios, passou para as duas da manhã, até que acabou».

Jorge Ribeiro da AVA refere que no formato conduzido por Bárbara Guimarães «há um claro apelo à violência», e «a SIC, como canal de grande audiência, deve incentivar o bem-estar animal e não o faz. Promove um espetáculo de violência contra os animais». Tanto uma como outra associação dizem não entender o conceito «em que uma prova de amor é atirar galinhas pelo ar».

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

33 Comentários

Clique aqui para comentar

  • Ninguém arremessou galinhas, ninguém as tratou mal, pelo que se vê no site do programa colocaram galinhas em cima de pessoas cobertas de milho, e uma pessoa tira as galinhas e coloca (atira) as galinhas para o galinheiro ao lado. Sinceramente não vejo os animais a serem mal tratados, muito menos vejo uma incitação ou promoção de violência contra os animais. Acho esta queixa, pelo menos para já, um exagero. Deixo o link do vídeo para poderem tirar as vossas elações. http://sic.sapo.pt/Programas/opoderdoamor/2014/06/08/a-prova-das-galinhas

    • Eu também acho que é um enorme exagero, assim como foi com a Quinta das Celebridades e com o Circo das Celebridades, mas enfim… não devem ter mais nada que fazer.

          • Então utilizar, magoar, stressar, assustar um animal é normal e aceitável, só porque o que fazem nas aldeias é pior. Muito bem, quem luta pelos direitos dos animais é só porque “não devem ter mais nada que fazer”. De facto não dá para conversar com certos ditos animais racionais…

          • Você come carne? É que se come está a fazer mal aos animais. Estão a dizer “Gostava que lhe fizessem isto a si?”, então matar pessoas e comê-las é crime (canibalismo), mas matar animais e comê-los já não é crime. Então porquê? Já viu um porco a ser morto? Já viu o que ele sofre? Os porcos, de todos os animais para consumo, são dos que têm uma morte mais lenta e com mais dor, mas não se faz nada. E quanto às touradas (que eu sou contra)? Fazem protestos e tudo mais mas ninguém deixa de ir ver touradas (metade das pessoas que estão aqui a dar sermões, de certeza que adoram e que vêm touradas), e esses sim, têm mortes dolorosas, pois sofrem na arena e depois são mortos.

          • Agora sim, um comentário coerente!!! Mas independentemente de haver pessoas (há sempre) com um discurso totalmente hipócrita, não deixa de ser errado o que fizeram no tal programa. Seja como for, tanto em programas de tv, touradas, ou outro tipo de situações de maus tratos a animais, todos estão a ser cada vez mais denunciadas e criticadas, o que é óptimo, considere-se este caso exagero ou não.

    • O stress pelo qual os animais passam é desnecessário. Eles não compreendem o que se passa e não estão ali de livre e espontânea vontade. Se querem usar animais para entretenimento (o que não deveria acontecer) pelo menos tenham a decência de respeita-los como seres vivos e não como objetos ou acessórios. Digo novamente, o stress é desnecessário. Se não acredita, imagine-se num lugar desconhecido, totalmente desorientado e sem compreensão da situação, enquanto é arremessado de um lado para o outro.

    • http://sic.sapo.pt/Programas/opoderdoamor/2014/06/08/a-prova-das-galinhas

      Vi o vídeo. Parece-me óbvio que as galinhas são arremessadas como se de objectos inanimados se tratassem. Para consumo humano ou não, tratam-se de animais vivos, e que merecem o nosso respeito. Acho que isto é o tipo de maus exemplos que não deveria existir na televisão portuguesa, e muito menos em horário nobre. A televisão portuguesa devia ter um maior sentido de responsabilidade quanto aquilo que emite. Não gosto do programa, parece-me mais ser o “poder do dinheiro” do que o “poder do amor”, mas esta política de “vale tudo” deveria ter pelo menos respeitar aqueles que NÃO escolheram entrar nesse jogo.

    • Miguel Silveira devia ter vergonha em pensar assim… atirar galinhas pelos vistos é normal para si… o Miguel devia ser atirado daquela maneira para ver se gosta…O stress pelo qual os animais passam é completamente desnecessário

      • Então matar um porco, um coelho, uma galinha, etc, para comer também é mau para os animais, ou seja, ninguém deveria comer carne ou peixe certo?

        • Não sou ninguém para dizer aquilo que os outros devem comer, até porque isso diz respeito à consciência de cada um, mas, quando é que vocês vão perceber de uma vez por todas a diferença entre o conceito de MALDADE (usada para divertimento público) e o conceito de SOBREVIVÊNCIA???? Pf, não há paciência.

    • Atirar animais de um lado para outro não é violência,medo que vivem e o stress,isso não é fazer mal???esta sociedade vai de mal a pior.Vou começar atirar pessoas pelo ar,incentivar o medo…aliás dito por “pessoas de boa sociedade” não são maus tratos.Também quem vê estes programas e apoia,só pode ter um QI de um pinheiro.

      • ar·re·mes·sar – Conjugar
        verbo transitivo
        1. Atirar com força de braço.
        2. Meter impetuosamente (no meio de, ou por entre algo).
        3. Expulsar.

        Arremessar não é a mesma coisa que atirar. Mais uma vez para tirar duvidas vejam as imagens.

    • O que tem as aldeias??
      E sim as “protetoras” dos animais é fazer e os que são abandonados a nas ruas, que tal começar por ai

    • Então, porque há crianças a morrer de fome em países “em desenvolvimento”, não tem mal que haja pessoas a morrer à fome por cá?
      Não sei se me devo rir da ignorância e falta de raciocínio desta gente ou desesperar só…
      Mas bem, ainda há esperança! Eu confio na capacidade de aprendizagem, que tanto prezam, deste ser humano..!

  • Este Pais esta cheio de gente ignorante e buçal…..deixem os animais em paz e arranjem maneira de se divertirem com os da sua especie…vergonha de Pais que nao se sabe divirtir sem respeitar os animais….cresçam e aprendam a ler, a ver cinema, a ir a uma exposicao, a viajar….e deixem-se de actividades criminosas. Este tipo de atitudes é proprio de gente desiquilbrada e demente. As televisoes que deviam ter um papel de cultura, educacional e de evolucao, em vez disso traz programas estupidos pra porem as pessoas mais estupidas do que ja sao.

  • Como não vejo esse programa ridículo, desconhecia essa situação, mas segundo o link abaixo num comentário, é evidente que há violência quer ao pegar de qualquer maneira nas galinhas, quem ao atira-las para o outro lado do galinheiro. Só não vê quem não quer. Infelizmente ainda existe gente que acha que os animais que servem para comer podem ser tratados de qualquer maneira. Quando vivemos num país com esta mentalidade atrasada, fica complicado lutar pelos direitos dos nossos animais.

  • Aqui no mundo virtual é só falsos moralistas, gosto da hipocrisia com que defendem os animais, quando se calhar não tem nenhum para cuidar porque não o sabem fazer, ou dizem que não tem condições, é só blá blá blá de gente realmente ignorante.
    Baratas, ratos, aranhas, moscas, mosquitos não são animais também? ou só devemos defender os animais de um determinado porte? gostava de ver o que fazem a esses animais quando lhes aparece a frente.
    Em vez de insultarem quem tem diferentes ideias, façam alguma coisa realmente pelos animais, cuidem deles principalmente.

  • Tá tudo dito, quem defende o bem estar animal assume que se for com os da sua espécie ….tá tudo bem. Argumentos para quê, e o burro sou eu?

ATV News