SIC

António Pedro Cerdeira sobre a morte da mãe: “Não consigo apagar o número dela do telemóvel”

Passados seis meses após a morte da mãe, António Pedro Cerdeira admitiu que não consegue apagar o contacto da progenitora.

Esta quarta-feira, dia 29 de janeiro, o ator marcou presença n’O Programa da Cristina’, da SIC, e, entre outros assuntos, recordou a mãe, que faleceu em julho de 2019, vítima de doença prolongada.

Tudo aconteceu quando o ator estava no início das gravações da novela ‘Nazaré’, do mesmo canal. Em conversa com Cristina Ferreira, António Pedro Cerdeira confessou que se apoiou no trabalho para ultrapassar a dor. “Eu precisei, muito por mim, mas também porque ela sempre foi uma pessoa que sempre esteve do meu lado, e isso faz com que de alguma forma sintas que a estás a homenagear”, começou por dizer.

A certa altura, o ator confessou que não consegue apagar o contacto da mãe do telemóvel, com quem falava todos os dias. “Não consigo apagar… passo pelos números, fico no ‘tiro não tiro’ mas faz sentido estarem ali, talvez um dia tire”, afirmou.

Mas há outras duas pessoas que o ator também não esquece e cujos contactos continuam no seu telemóvel. “Nicolau Breyner é uma dessas pessoas, Eduardo Beauté é outra e a minha mãe…”, concluiu.

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

ATV News