fbpx
SIC

Ângel Magalhães ataca Graça, Zé Luís e comentadores do ‘Passadeira Vermelha’

Ângel Magalhães Ângel Magalhães Ataca Graça, Zé Luís E Comentadores Do 'Passadeira Vermelha'
SIC

Índice

A ex-‘Quem Quer Namorar Com o Agricultor?’ foi tema de conversa no programa ‘Passadeira Vermelha’ de segunda-feira, na SIC. Assim que soube, utilizou as redes sociais para se defender… E não poupou ninguém!

Em causa está o facto de Graça Peralta, da primeira edição de ‘Casados à Primeira Vista’, ter-se pronunciado sobre ela como demasiado lamechas. Liliana Campos, anfitriã de ‘Passadeira Vermelha’, acusou-a de “erotizar” os poemas que escreve e Nuno Azinheira, por sua vez, teceu críticas ao modo como Ângel escreve. “Ainda é fraquinho”, atirou.

Perante tantos comentários a seu respeito, a escritora e poetisa, tal como se descreve na sua conta de Instagram, utilizou essa mesma plataforma social para se defender. Graça, o leque de comentadores e até Zé Luís… Ninguém foi poupado à fúria da artista. De seguida, veja o texto que dirigiu aos “caros colegas da Passadeira Vermelha”.

Ora leia:

Caros colegas da Passadeira Vermelha,

Venho por este meio solicitar a vossa atenção para certas situações onde as minhas rugas se sentem ofendidas de expressão.

Dispenso completamente a opinião da dona Graça Peralta a avaliar os meus escritos lamechas, como ela disse, até porque essa senhora não tem nem percurso literário e, ainda menos, distanciamento social e pessoal com a minha pessoa, não fosse o seu ex-marido José Luís Cardoso andado a rondar a minha periquita durante umas valentes semanas. Qualquer coisa que essa senhora poderá cuspir a meu respeito é, no mínimo, suspeito. Não tem estrutura emocional para debater o meu potencial de escrita.

Os colegas, infelizmente, estão sempre nos vossos piores. Pouca matéria cinzenta, pouco trabalho de investigação, desajustamento verbal e gestual, línguas afiadas para cortar na casaca da malta, a lavagem de roupa suja nos tanques das quadrilheiras. O nível de desafio e de debate de cada emissão é fino de sensações, e revela apenas uns desabafos, entre pessoas, numa caixa de um supermercado, vazios de emoção.

As diferenças de cada um de vocês, caros colegas, é abismal. Qual o mais burro de entre vós? Qual o mais ridículo? Qual o grau de instrução? Quais os limites mentais? É deveras intrigante o ‘abestalhadamento’ dos vossos propósitos incoerentes diários.

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

ATV News