SIC

Alexandra Lencastre vive as suas “últimas 24 horas” com muita aventura

Alexandra Lencastre foi a convidada especial de Bárbara Guimarães, este domingo, no programa ’24 Horas de Vida’, na SIC.

Ao longo do programa, foi possível acompanhar as escolhas que atriz faria se só tivesse efetivamente 24 horas de vida.

“Quando somos confrontados com o fim será que estamos preparados para dizer adeus?”, esta é a pergunta que marca o desenrolar do programa.

O primeiro desejo de Alexandra Lencastre foi aprender a dançar. “Ensine-me tudo, que eu não sei nada”, disse a artista a Marc Hussner, professor de Tango Argentino.

A atriz confessou que “seria um sonho saber dançar”.

Após realizar este sonho, Alexandra Lencastre quis “despedir-se” de José Carlos Pereira. O encontro decorreu no Parque das Amoreiras.

“O Zeca é uma das pessoas mais importantes da minha vida. Conheci-o na profissão, ele fez de meu filho, criei logo uma ligação muito especial com ele. Divertimo-nos imenso, fiquei a conhecer a família dele que adoro. Sinto que somos da mesma família. Era uma pessoa que tinha de dar um grande abraço e desejar boa sorte porque ele merece”, explicou a Bárbara Guimarães.

Quando José Carlos Pereira chegou, Alexandra Lencastre contou-lhe tudo. “Imagina que eu só tenho 24 horas de vida, tu és uma pessoa que eu tinha de ver antes de partir, abraçar, desejar boa sorte. Eu quero que tu saibas que fazes partes das pessoas que são muito importantes para mim e sempre serão e eu não partiria daqui sem te dar um beijo e desejar-te toda a sorte que mereces pelos talentos múltiplos que tens e por toda a alegria e carinho que me deste a trabalhar contigo e por seres uma brasa”, afirmou.

José Carlos Pereira também deixou algumas palavras à amiga: “A Alexandra…Tenho tanta coisa para dizer. É das pessoas mais talentosas que eu conheço, é inegável e como ser humano é talvez a pessoa do meio com quem mais ligação tenho”.

Alexandra Lencastre deu uma volta de mota e quis depois encontrar-se com Rogério Samora.

Quero dizer-te que se, de facto, hoje fossem as minhas últimas 24 horas, serias uma das pessoas eleitas no meu coração. És muito importante para mim. Não te soube dizer as vezes que eram precisas”, disse a artista.

Alexandra Lencastre fez um desabafo: “Acho que não vou chegar às 24 horas. Tanta emoção junta, não sei”.

Após este encontro, a artista quis ir ver Eduardo Ávila, o seu amigo médico.

“Sabes porque é vim aqui e te quis ver? Estou num jogo de vida ou de morte, são as minhas últimas 24 horas. Fiz uma seleção dentro do meu coração de pessoas muito importantes”, disse a atriz.

“Talvez sejas das poucas pessoas que me faz acreditar que vale a pena viver. Quero agradecer-te”, acrescentou.

O amigo também não deixou de lhe dedicar algumas palavras. “Aquilo que lhe digo é que ela tem de pensar mais nela e aproveitar mais as coisas boas que tem e não desperdiçar tempo com coisas que não têm muito interesse”, afirmou.

Após este encontro Alexandra Lencastre quis ir assistir a um jogo de Ragby.

No caminho, a atriz confessou que a filha Catarina está em Londres e que sente muitas saudades dela. Entretanto, ligou à filha Margarida, que lhe disse que estava ocupada a trabalhar, mas a artista não fazia ideia da surpresa que a esperava mais à frente.

“Fiz tudo para lhes dar uma boa formação e bons alicerces não só em casa, como fora de casa”, afirmou.

Alexandra ficou radiante por assistir ao jogo de ragby e no final tirou algumas fotografias com os jogadores, que lhe ofereceram uma camisola da equipa.

Em seguida, Alexandra quis passar no Teatro da Trindade para avisar os colegas de que não poderia estar presente no ensaio, mas não fazia ideia da surpresa que a esperava.

No teatro estava a filha Margarida à sua espera. Alexandra Lencastre não conseguiu conter as lágrimas. “Sabes que é por causa de ti que eu vivo e da tua irmã”.

Mas as surpresas não ficam por aqui… A filha mais nova deixou-lhe uma mensagem em vídeo.

“Olá, mãe. Como está a correr o teu dia? Tem sido divertido? Estou hoje de folga por isso pude ficar no sofá a ver filmes. Sempre que vejo filmes tento imaginar como é que tu irias julgar o filme ou avaliar. Eu faço sempre isso com filmes bons, com comédia também. Sabes aquele riso maroto que tu fazes? Eu tenho saudades desse riso, mesmo que estejamos afastadas geograficamente, estamos sempre juntas emocionalmente. Eu sei que sabes disso, apesar de teres as tuas dúvidas. Limpa as lágrimas. Amo-te muito. Tem um bom resto de dia”, afirmou.

Em seguida, ligaram à filha para lhe agradecer a mensagem e falarem mais com ela.

“Sabes uma coisa, mas sabes mesmo dentro do teu coração, do teu cérebro, de uma forma racional e emocional, tenho força para continuar a viver por ti e pela tua irmã Margarida”, afirmou Alexandra Lencastre.

Depois disso, a artista deixou ainda alguns conselhos à filha Margarida, que também trabalha na mesma área.

“Olha filha, não cometas os mesmos erros que eu, principalmente nesta profissão. Usa mais a cabeça do que o coração, mas não deixes de entregar o coração, a alma a cada papel que vais interpretar. Lembra-te que ninguém nasce ensinado a ser filha, a ser mãe. Por muitos erros que tenha cometido, foi sempre a pensar que estava a fazer o melhor, a defender-vos “, explicou.

“Vou ser uma estrelinha que te vou proteger sempre”, acrescentou a atriz.

Em seguida, Bárbara Guimarães deixou mãe e filha a dormirem numa cama no palco do teatro.

Na manhã seguinte, Alexandra Lencastre pediu à apresentadora para ir a sítio especial: uma capela num sítio singular.

Alexandra Lencastre rezou durante alguns minutos e confessou que se decidisse casar outra vez seria naquele local.

“Tens medo de alguma coisa?”, perguntou Bárbara Guimarães.

“Não, nem de morrer. Até tenho curiosidade. É passar outro estado. Tenho curiosidade. A vida é demasiado grandiosa e poderosa”, confessou a atriz.

“Acho que deixei muita coisa por fazer. Sempre fui pisa-minas. Tenho atração pelo abismo, coisas que correm mal”, acrescentou.

Neste local, a atriz recebeu a visita especial da amiga Marina Albuquerque.

O último desejo de Alexandra Lencastre foi mergulhar. “Estou cheia de medo agora. É a adrenalina. Sei que estou bem protegida e, portanto, vou ter um professor que dentro de água me vai proteger”, afirmou.

Os últimos minutos destas 24 horas de Alexandra foram, deste modo, passados no mar de Sesimbra.

“Valeu muito a pena. De certa forma ainda bem que foi o último porque se fica a acreditar. Se há esta vida toda à nossa espera e não é explorada por nós, se tenho para onde ir, gostava de ficar no mar, é espetacular. Obrigada por esta experiência. Fico muito grata”, referiu.

A atriz terminou a sua participação no programa com uma forte mensagem: “Não percam tempo. Não deixem de fazer o que gostam. Não deixem de dar carinho, se não pode dar ao mundo inteiro ou a quem está além-fronteiras, dê a quem esta ao seu lado. Ame, divirta-se, leia, veja cinema, veja teatro, oiça música, toda as artes, aproveite a natureza, integre-se, amem-se uns aos outros. É o único caminho. Já agora aproveitava para vos ler uma frase de uma filósofa brasileira que infelizmente já não está entre nós, mas que está aqui perto e que é muito citada ultimamente, mas que resume tudo o que vos quero dizer: Repito, por pura alegria de viver: a salvação é pelo risco, sem o qual viver não vale a pena. I Love You”.

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

ATV News