fbpx
SIC

Agricultor. Cláudia para João Paliotes: “Será que podemos ir cavalgar os dois?”

Agricultor Jogo Paliotes Claudia Scaled Agricultor. Cláudia Para João Paliotes: &Quot;Será Que Podemos Ir Cavalgar Os Dois?&Quot;

Os convidados do agricultor e da agricultora continuam a desempenhar as tarefas na quinta. O episódio de ‘Quem Quer Namorar com o Agricultor’ desta sexta-feira, 15 de abril, transmitiu momentos de calma e tranquilidade.

Quinta do João Paliotes

Na quinta de João Paliotes, andar a cavalo é uma das experiências que as convidadas gostariam de ter e que o agricultor fez questão de lhes proporcionar.

No programa de hoje foi a vez de Mafalda e de Cláudia. “Pensei que ia cair umas três vezes. Ela acalmava, mas depois pumba”, salientou Mafalda.

“Tu não estás a fazer nada. Não estás a bater com as pernas”, dizia o agricultor, visivelmente aborrecido.

“Fazer amor é como montar um cavalo. Faz-se o que se tem a fazer e no fim é que se dá um beijinho…Se correu bem”, acrescentou João Paliotes, entre risos.

A primeira experiência na arte de equitação tem sido uma aventura. Agora é a vez de Cláudia mostrar o que vale. “A Cláudia deu-nos um bailinho. É o mundo dela. Vê-se quem sabe”, referiu Mafalda.

O agricultor não deixou de tecer um comentário quando viu Cláudia em cima do cavalo: “Uma pessoa a trabalhar e a ver aquele movimento desorienta-se”, afirmou o agricultor.

“Gostava que eles sonhassem comigo a montar a cavalo”, acrescentou Paliotes.

No final do episódio de hoje, Cláudia ganhou coragem e fez um pedido a João: “Será que podemos ir cavalgar os dois?

“Quando queremos muito uma coisa e quando achamos que as coisas são importantes para nós devemos lutar. Isto para mim é uma luta…montar a cavalo. Eu acho que é muito por aí. Gosto de insistir naquilo que é importante para mim ou que vai ser daqui a uns anos, por isso quando era novo insisti nele [cavalo]”, concluiu o agricultor.

Quinta do António Gonçalves

Em Chaves, o agricultor António apresentou mais uma valência da sua quinta: a produção de leite. Agora é tempo de ensinar a arte da ordenha.

Na quinta de Chaves as concorrentes tentam ganhar-lhe o jeito. “A primeira vez fiquei um pouco atrapalhada”, confessou Neusa. “Nunca ordenhei ovelhas e é muito difícil”, afirmou Susana.

A viagem de regresso a casa faz-se de carro. A ordenha é o tema de conversa e parece que não vai deixar saudades. “Umas poem-me a assobiar e outras a cantar, mas ainda não há defeito nenhum a pôr”, confessou o agricultor.

Quinta da Catarina Manique

A boa disposição marca o início do dia na quinta do Fundão. O inquérito à agricultora continua e Bruno tenta confirmar as suas suspeitas.

“Eu acho que eles têm ciúmes do Daniel ou algo assim”, afirma a agricultora.

Quanto a Bruno, a agricultora já tem uma opinião formada. “O Bruno não é só demorado a comer. É demorado em tudo”, acrescentou.

Na quinta do Fundão, Catarina tem uma notícia. “Antes de irmos trabalhar eu quero falar com vocês. Tenho uma notícia que não é tão boa. Hoje vou ter de pedir a um de vocês para abandonar a quinta”.

Quinta do Francisco Tomé

Na quinta do Francisco Tomé, as concorrentes também têm uma experiência com os cavalos.

“A Maria João é ativa. Se não existir ninguém ela é a primeira a jogar-se ao trabalho”, começou por afirmar o agricultor.

Na quinta de Moura, trocam-se as cavaleiras, mas o desassossego mantém-se. Maria João dá lugar a Ana Sofia. “Fiquei tão aflita. Olhei para o lado, vi aquilo tão alto…Só espero que não caia”, afirmou Ana Sofia.

“O cavalo é um dos animais que sente quem tem medo, quem monta ou não monta”, explicou o agricultor.

Quinta do Ricardo Bernardes

Na quinta do Ricardo todos fazem uma visita ao ganso para encerrar temas antigos. “Não entro lá dentro, não, não” referiu Mafalda.

Em Rio Maior, preparam-se para mais um dia de trabalho. “Ontem choveu bastante e o caminho estava mesmo muito mau”, confessou Mafalda.

A primeira tarefa é alimentar os cavalos. “Já conseguimos fazer a rotina na quinta como se fosse normal para nós”. Na quinta já todos estão a trabalhar sob as orientações de Ricardo.

“A Mafalda gosta de ter tudo como deve ser. Lavadinho, limpinho e é bom demais”, confessou o agricultor.

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

ATV News