fbpx
SIC

‘A Máscara’. Revelados os segredos escondidos nos disfarces

A Máscara
Instagram

A empresa que produz os disfarces do programa ‘A Máscara’ revelou alguns detalhes sobre a produção dos mesmos.

O programa ‘A Máscara’, da SIC, mantém todos os seus concorrentes anónimos até ao último momento na competição e, tal como nas edições anteriores, há imensas máscaras para todos os gostos. A empresa Linha Limão ficou encarregue de produzir outra vez os disfarces em apenas quatro meses.

“Nesta edição foram produzidas 12 máscaras, sendo que uma delas, os Cisnes, é dupla. Entre o desenho, a pesquisa de mate-riais e depois a confeção, demorámos um pouco mais de quatro meses para fazer as máscaras. Não há nenhuma máscara que se destaque porque todas demoram muito tempo”, explicou Susana Campanhã, uma das artistas, em declarações à TV7 Dias.

“Há certas máscaras que parecem roubar mais tempo, pela dimensão das peças. Mas máscaras como o Esqueleto, por exemplo, requerem muito trabalho de revestimento e pormenor, e acabam por ser as mais demoradas”, acrescentou.

O Dragão foi a máscara mais complicada devido aos seus “detalhes minuciosos e às dimensões” e é também a mais pesada, com quatro quilos e meio. “A altura das máscaras também depende muito da altura do convidado que a veste. No entanto, nesta edição, é sem sombra de dúvida o Dragão. Mede 260 cm”, informou.

A empresa que produz as máscaras não conhece a identidade dos famosos e só mais tarde é que sabem as medidas para que tudo fique de acordo com cada convidado. No final do programa os disfarces são “minuciosamente embalados e guardados”.

Leia também: ‘A Máscara’. Rita Rugeroni reage às suspeitas de Sónia Tavares: “Obrigada pelos elogios mas…”

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

Adicionar Comentário

Clique aqui para comentar

ATV News

<>