Rubricas

Rock in Rio 2018 terminou no feminino

Imagem: Agência Zero

A edição deste ano do Rock in Rio Lisboa terminou na noite passada e as grandes convidadas foram do sexo feminino. Katy Perry, Jessie J, Ivete Sangalo e Hailee Steinfeld foram as estrelas do Palco Mundo, mas a verdade é que a seleção nacional também foi estrela central no evento. Com o jogo dos oitavos de final do Mundial de 2018 a decorrer no dia de ontem, a organização do Rock in Rio decidiu reajustar os seus horários e assegurar a transmissão da partida em todos os ecrãs do recinto.

Assim, bem cedo, a partir das 16h30, atuou Hailee Steinfeld num espetáculo curto, mas que cativou os espectadores que se deslocaram ao parque da Bela Vista. A jovem cantora mostrou-se simpática enquanto passava pelos seus temas num espetáculo agradável para uma tarde de sábado. Seguiu-se aquela que é considerada por muitos como a «rainha» do evento, não só por ter marcado presença em todas as edições do Rock in Rio no nosso país, mas também por ter sempre casa cheia. A verdade é que Ivete Sangalo assegura sempre um espetáculo cativante e envolvente para todos.

Arrancando com alguns dos seus principais êxitos, Ivete Sangalo mostrou também algumas das suas mais recentes músicas como No Groove. Sempre divertida e bem disposta, como habitualmente, Ivete Sangalo atuou durante cerca de 1h15 minutos, aquecendo as hostilidades para o arranque do jogo que opunha a seleção nacional à seleção do Uruguai. Numa situação inédita, a cidade do rock como que se deslocou à Rússia e as dezenas de milhares de espectadores apoiaram a seleção nacional durante todo o jogo.

Certamente, o desfecho não foi o esperado e coube a Jessie J alegrar os portugueses. Na terceira vez que a cantora atua no nosso país, segunda no Rock in Rio Lisboa, a verdade é que o objetivo foi conseguido, através das muitas interações que teve durante o espetáculo. Price tag foi uma das canções com mais adesão, mas a verdade é que Jessie J se confirma como uma artista muito competente neste tipo de eventos.

A própria Jessie J referiu que iria assistir ao concerto de Katy Perry, a senhora que se seguia neste alinhamento totalmente feminino, e a cabeça de cartaz do dia chegou ao Palco Mundo. Num espetáculo repleto de adereços, muitos bailarinos, muita animação em cima do palco e (demasiadas?) mudanças de roupa, a verdade é que Katy Perry apresentou um espetáculo irrepreensível, não obstante algumas dificuldades técnicas, sendo que talvez não muito adequado para um espaço como o Rock in Rio. Se é verdade que o espetáculo visual é absolutamente fantástico, já no que toca à componente musical ou até vocal, não corresponde inteiramente às expectativas. Num recinto tão vasto, é difícil assegurar a adesão de todos neste espetáculo.

Ainda assim, o Rock in Rio fecha a edição deste ano com Fireworks e com muitos concertos ao longo dos quatro dias do evento, nos diferentes palcos. Com uma oferta cultural ainda mais diversificada, o Rock in Rio continua apostado em criar um autêntico «parque de diversões» no Parque da Bela Vista. Que a música, no entanto, não passe para segundo plano.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of

ATV News