Rubricas

Retrospetiva 2014 | Abril

2014 Retrospetiva

A Retrospetiva 2014 prossegue com o mês de abril, repleto de acontecimentos novos, mas sobretudo «velhos», ou antes, figuras da televisão que continuaram nas bocas da imprensa, por assim dizer. Passemos, então, em revista todas elas.

Desde logo, abril trouxe a terceira edição dos Prémios aTV, onde foram, mais uma vez, eleitos os que se haviam destacado no ano anterior. A palavra foi dada aos leitores do aTV, que não faltaram à chamada em mais uma iniciativa promovida pelo A Televisão e que permitiram consolidar a posição do site no panorama nacional.

Na caixinha mágica, a RTP garantiu a Volta a Portugal até 2017, assim como a emissão da Fatura da Sorte, uma iniciativa que estreou com a condução de Tânia Ribas de Oliveira e que foi vista por mais de 600 mil espectadores, nessa primeira emissão.

Concretizou-se, entretanto, a despedida emocionada de João Baião do Portugal no Coração e da RTP, assim como a sua apresentação na SIC com toda a «pompa e circunstância». Em Carnaxide tinha já à sua espera, além das tardes na rentrée, as noites de sábado, com Sabadabadão, a adaptação do formato Saturday Night Takeaway, em que teria a companhia de Júlia Pinheiro.

Na TVI, Rising Star teve de enfrentar algumas dúvidas devido a possíveis falhas na aplicação interativa do programa, isto porque, pela primeira vez na televisão portuguesa, um talent show iria permitir votações em tempo real. A verdade é que de uma forma geral e do ponto de vista tecnológico tudo correu dentro do esperado, as audiências é que não foram tão boas quanto os seus antecessores.

Na informação da TVI regressaram as polémicas, com José Alberto Carvalho a chegar mesmo a dizer que queria «trocar» algumas pessoas na redação do canal. Além disso, neste mês, o nome de Marcelo Rebelo de Sousa também esteve em destaque na imprensa, já que foi equacionada a sua saída do canal. Efetivamente, a estação de Queluz de Baixo sabendo da sua importância fez de tudo para o manter. Apesar da SIC garantir que não tinha interesse no comentador político mais visto da televisão portuguesa, o mesmo não se pode dizer de Alexandra Lencastre que confessou ter declinado convites da SIC em três ocasiões. Foi aliás a atriz que esteve envolvida numa das polémicas do mês – o alegado gesto obsceno em pleno A Tua Cara Não Me É Estranha – Kids e que terá mesmo levado a TVI a repreender a jurada do formato conduzido por Cristina Ferreira e Manuel Luís Goucha.

José Eduardo Moniz estava de regresso à TVI e com ele várias mudanças, tal como Rui Vilhena havia antevisto. Entre elas episódios «reescritos» de O Beijo do Escorpião e alterações nos destinos das personagens (por exemplo, Lídia Franco, que manifestou o seu desacordo perante a decisão). Além disso, também um novo projeto surgiu pelas suas mãos – uma continuação de Jardins Proibidos. A SIC, essa, é que garantiu não ter medo deste regresso

Do outro lado do Atlântico, abril trouxe a mudança de imagem da Globo, que apostou num logo mais moderno no ano em que a emissora comemorou 49 anos de vida. Esta era a 11ª vez que havia reajustes da imagem da Globo.

Se é verdade que abril trouxe uma continuidade face aos temas fortes da televisão portuguesa, a verdade é que maio trouxe mais novidades, as quais passaremos em revista amanhã, em mais uma crónica desta Retrospetiva 2014.

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!

avatar
  Subscribe  
Notify of

Quem deve vencer o SS7?

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close