Raio X - Factor X

«Raio X» | Quinta Gala em direto de «Factor X» [Com vídeo]

 

Chegou a 5ª Gala da 2ª Edição do Factor X! O tema é muito forte – Divas!

A Gala começou com o Jorge, o ‘representante’ do Rock nesta Edição! O tema de Tina Turner, ‘Simply The Best’ foi uma escolha forte. Mais uma vez o Jorge deu o seu toque pessoal ao tema, com toda a energia. Senti-o um pouco nervoso no início, mas ao longo da interpretação do tema conseguiu mostrar todas as suas características enquanto performer. Considero.o uma pessoa muito determinada e acredito que poderá chegar longe! Não esperava que ficasse nos menos votados da semana.

A Mimi trouxe-nos um tema da Rihanna – Diamonds. Senti a Mimi um pouco semitonada durante o tema. Julgo que os nervos a traíram… No entanto, a Mimi emana simpatia e tem uma voz muito bonita. Julgo que pode chegar longe nesta edição.

O único candidato da Sónia Tavares entra em palco com um tema da grande Diva Whitney Houston! O João Maria entrou um pouco desafinado no tema ‘I Wanna Dance With Somebody’, mas depois conseguiu agarrar a música até ao final! Para uma criança de 12 anos é de louvar tamanha coragem e determinação! O João Maria tem muita margem de evolução!

Apesar do seu timbre marcante, a pronúncia inglesa do Rúben não é das melhores. O tema ‘Killing me Softly’, acompanhado apenas ao som do ‘Hammond’, destacou todos os pormenores bons e menos bons na interpretação do Rúben. Se por um lado enalteceu o seu timbre singular, por outro destacou vários momentos de desafinação ao longo do tema. Na minha opinião, achei que o Rúben se perdeu um pouco na interpretação do tema de Roberta Flack e, tal como a Sónia disse, teve alguns problemas de afinação.

Os Babel fizeram alguma ‘magia’ com a versão que trouxeram do tema da Katy Perry. Confesso que de início fiquei reticente em relação ao tema, mas a versão funcionou muito bem. Apesar da Luana ter desafinado um pouco, o Fernando agarrou o tema com imensa garra! Embora sejam completamente diferentes um do outro, formam um grupo forte pela energia que transmitem em palco.

A versão que a Isabela fez da Amy Whinehouse deixou um pouco a desejar. E, perdoem-me a sinceridade, mas falta à Isabela alguma determinação enquanto cantora. A Isabela tem imensa musicalidade e um timbre suave que nos transmite sempre muita calma e, por esta razão, não a acho uma artista versátil. Penso que tem muito mais a dar e, infelizmente, sinto que não o fez até agora.

A P.Y.T. apresentaram-se, mais uma vez, muito originais na sua interpretação. Não desafinaram uma única nota e tiveram uma presença incrível (o cenário ajudou)! A meu ver seriam candidatas à final pela consistência que apresentaram desde o início do programa. Mas abandonaram no domingo passado o programa…

A Kika, mais uma vez, surpreendente! O tema da Mariah Carey é arrepiante e ela brilhou! De todos os candidatos, a Kika é das mais fortes candidatas à vitória. Presença, consistência, voz, atitude e uma história de vida que nos sensibiliza a todos…para além de ser uma grande artista, merece realmente um lugar de destaque neste Factor X.

Por fim, cantou a Inês, que nos presenteou com um tema da Beyoncé. De todas as vezes que ouvi a Inês cantar esta foi a que gostei mais. Adorei a versão que  fez do tema – muito afinada, contida e ao mesmo tempo com uma presença adequada ao  tema e ao cenário. A Inês promete!

Apesar das P.Y.T. terem saído acredito que ainda vamos ouvir falar muito deste grupo fantástico de três meninas talentosas!

Novidade da semana: no próximo domingo serão eliminados dois concorrentes…inédito no Factor X. Esta Edição está cheia de surpresas. Desejo muita sorte a todos os finalistas!

Assista agora ao segundo Extra com Cláudia Vieira e João Manzarra: 

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

1
Deixe um comentário

avatar
1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors
Marta Clemente Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Marta Clemente
Visitante
Marta Clemente

Gosto muito mais desta análise do que das anteriores desta comentadora. Muito mais crítica e opinativa e menos descritiva.
Mas uma vez que estamos a dar a opinião, e embora não simpatize minimamente com o Rúben, não posso deixar de dizer que me ri um bocadinho com “a pronúncia inglesa do Rúben não é das melhores”, já que o ano passado também sempre achei a pronúncia da Sara a puxar para o mázita.

ATV News