fbpx
O Protagonista

O Protagonista do Ano (maio)

Oprotagonistadoano O Protagonista Do Ano (Maio)

 

Oprotagonistadoano O Protagonista Do Ano (Maio)

O mês de maio ficou marcado pela estreia de vários formatos na televisão portuguesa. Se a RTP apostou em Último a Sair, a TVI presenteou os seus telespectadores com Perdidos na Tribo e a telenovela Remédio Santo. Já a SIC exibiu pela primeira vez em Portugal um formato internacional de sucesso.

Anunciado com pompa e circunstância, recheado de expectativas e aguardado há muito pelos portugueses, Peso Pesado marcou, de facto, o mês de maio e merece destaque neste Protagonista do Ano!

No primeiro dia de maio, os portugueses ficaram a conhecer o resultado de um mês de intensas gravações da versão portuguesa de The Biggest Loser. Dez duplas, vinte concorrentes. Um objectivo comum: perder peso, ganhar saúde. Com um pequeno extra: dois aliciantes prémios, um para o concorrente que perdesse mais peso dentro da Herdade e outro para aquele que perdesse mais peso cá fora. Dois treinadores, uma especialista em nutrição e uma divertida apresentadora que, depois de se estrear no horário das manhãs, teve com este formato o seu regresso ao horário nobre, desta vez em Carnaxide.Peso Pesado Concorrentes O Protagonista Do Ano (Maio)

Peso Pesado veio alterar, e muito, o cenário que até então existia a nível audiométrico em Portugal. Os diários do programa chegaram a bater, por diversas vezes, a concorrência das telenovelas da TVI e aos domingos também chegaram a vencer o programa apresentado por Leonor Poeiras. Mais do que isto, o reality-show ajudou a SIC a sonhar em aproximar-se ainda mais da TVI e mostrou que era possível alcançar tal proeza.

Os investimentos publicitários foram mais do que muito e, apesar de a imprensa revelar sempre em primeira mão quem saia e quem ficava na Herdade, o programa acabou por não perder muito com isso. Mais do que um formato em que o jogo tinha grande destaque, Peso Pesado puxava à emoção e retratava um problema muito comum na sociedade actual: o excesso de peso que afeta tantos e tantos portugueses. Ao primeiro casting acorreram milhares de obesos, mas apenas os referidos vinte tiveram direito ao passaporte de entrada. Contudo, acabaram por servir de exemplo para muita gente e ainda hoje continuam a difícil luta contra o excesso de peso. Muitos deles, por alguns motivos, acabaram por recuperar algum do peso, ouros contam leves e a querer atingir os números ideais. Mas, depois da passagem pela Herdade da Boavista, as suas vidas não mais voltaram a ser as mesmas. E a dos portugueses também não. Fazer exercício físico passou a ser ainda mais necessário e um alerta para uma sociedade em que o excesso ainda faz parte do dia-a-dia.

Todos estes argumentos fizeram com que a SIC decidisse dar continuidade ao projecto e apostar nele para a rentrée televisiva. Com menos sucesso, mas com o mesmo fim, Peso Pesado marcou, de facto, a televisão portuguesa. Só é pena que, infelizmente, no nosso país e na conjectura actual, não haja argumentos para mantê-lo em antena durante muitos e muitos anos. Porque este é daqueles formatos em que, não são só os vencedores que saem a ganhar. Também os vencidos acabam por retirar algo, no caso, uma vida mais saudável.

Julia Pinheiro Peso Pesado O Protagonista Do Ano (Maio)

Para além de tudo isto, há ainda que referir a performance de Júlia Pinheiro, uma autêntica força da natureza que, durante o tempo de gravações, se multiplicou e marcou presença, de manhã no Querida Júlia e à tarde nas filmagens do programa. Uma mulher que mostra cada vez mais que “quem corre por gosto não cansa” e que, apesar de ter sido substituída na segunda série, deixou o seu nome inscrito no sucesso que foi Peso Pesado. E por aí já há quem defenda que uma terceira série devia ser aposta da SIC.

Para 2013, quem sabe?

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

Adicionar Comentário

Clique aqui para comentar

ATV News