fbpx
Flash Interview Rubricas

«Flash Interview» com Mickael Carreira [Estreia]

Mickael Carreira «Flash Interview» Com Mickael Carreira [Estreia]

Já estreou a nova rubrica do site A Televisão. A partir deste sábado, dia 3, o Flash Interview não deixará nada ao acaso. Se estreia em televisão, então os seus protagonistas estarão aqui para falar das suas expectativas e ambições. Seis perguntas e seis respostas, nada mais! É o caso de Mickael Carreira, o nosso primeiro convidado, que regressa à RTP já este domingo com a quarta edição do The Voice Portugal.

Novo ano e nova temporada do The Voice Portugal. Já tinhas saudades de sentar-te na cadeira vermelha? 

É muito bom voltar a este programa e estar com os meus colegas. Já tinha muitas saudades e a verdade é que temos aqui um programa surpreendente e as pessoas lá em casa vão gostar imenso.

Preparado para vencer mais uma edição?

Eu gostava de ser o Cristiano Ronaldo do The Voice, ou seja, ganhar duas bolas de ouro. Este ano as equipas estão mais equilibradas relativamente ao ano passado e acho que todos nós temos fortes candidatos a vencer o programa. Evidentemente que a minha está mais forte [risos].

Deolinda Kinzimba foi a vencedora da edição anterior. Este ano podemos esperar muitas Deolindas? 

As vozes dos novos concorrentes são diferentes. A Deolinda marcou muito a temporada passada e foi, sem dúvida alguma, a concorrente mais falada e a mais viral. Mas todos nós somos diferentes. Cada artista é diferente. Não há comparação e como te disse há pouco as equipas estão muito mais equilibradas este ano. Acho que vai ser muito renhido até à final do programa.

Qual dos três jurados te dá mais luta na hora de convencer os concorrentes a ficar na tua equipa? 

A Marisa! Se ela fosse para presidente eu votava nela porque tem uma capacidade incrível de convencer os concorrentes.

Um ano depois, como tem corrido a tua parceria com a Deolinda?  

Foi muito bom ter trabalhado com a Deolinda. Diverti-me muito, aprendi muito com ela e espero que daqui para a frente as coisas possam correr bem porque tem talento para dar e para vender. Desejo tudo de bom e ela merece muito.

Podemos esperar um dueto entre ti e a Deolinda no seu primeiro álbum de originais? 

No início do disco, eu estive em estúdio a tentar apoia-la e aconselha-la. O que acontece muitas vezes, infelizmente, é que todos nós temos agendas muito preenchidas. Vejo este ano, no mês de agosto tive a tocar quase todos os dias e acaba por ser complicado conciliar as nossas agendas com as dos concorrentes. Ajudei-a no início do álbum dela, ela sabe que tem aqui um amigo e um apoio. Ainda não me fez um convite, mas teria muito gosto e prazer gravar com ela, se bem que não é fácil cantar com a Deolinda que tem uma voz incrível.

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

ATV News