fbpx
Falar Televisão

Televisão… móvel!

Zon e Meo dão agora os primeiros passos na disponibilização de serviços em dispositivos móveis. O Meo Go! e a Zon Online são dois serviços disponiveis em smartphones e tablets com iOS e Android. Ambas as empresas têm uma oferta semelhante, embora com algumas diferenças. Esta análise incidirá apenas na acessibilidade e no grafismo das mesmas.

O que salta logo à primeira vista na aplicação da Zon é o design inspirado no Iris (o serviço de fibra da operadora).
O painel de Destaques apresenta sugestões e uma barra com o que está atualmente a dar na tv.
O menu TV está dividido por secções, apresentando o que passa atualmente na tv, à hora de consulta, e por tema.  (Filmes agora, Informação agora, etc.)
A lista de canais mostra-nos a programação para qualquer canal à escolha, no separador Guia.
O Videoclube mostra-nos as covers dos filmes, organizando-as também de forma fluída e intuitiva por tema.

No caso do Meo Go!, existem semelhanças. Pessoalmente, prefiro o design da Zon. É mais limpo e de mais fácil navegação.

O serviço do Meo é mais restrito a quem não tem ou ligações 3G, ou equipamento Meo para sincronização com o tablet/smartphone, ou conta para login.
Existem duas modalidades de acesso, o Meo Go! mobile, com 40 canais disponíveis em direto para telemóvel e tablet, para um equipamento; o Meo Go! multi, que oferece mais 20 canais que o mobile, e permite visualização em cerca de 3 equipamentos.

Em termos de acessibilidade e de design, a Zon tem o meu voto. Não só apresenta um interface bastante fluido, como nao tem ‘glitches’ de maior. A interface do Meo Go! é mais discreta e obriga a maior atenção por parte do utilizador a pequenos pormenores, que podem não estar tão salientes.

Assim que possível, farei uma análise aos conteúdos propriamente ditos, para determinar um vencedor. Até lá, veremos se com updates, o Meo consegue ganhar vantagem sobre a Zon…

1 Comentário

Clique aqui para comentar

  • E a Vodafone já disponibiliza o serviço à tempos!!! O problema (e ainda não percebi o porquê) é que não promovem o serviço. Vodafone TV no telemóvel: uso à mais de um ano!

ATV News