Falar Televisão

Sinal de Prioridade

FalarTelevisãodestaque

Invariavelmente houve atentados dirigidos à RTP que têm na sua base associados os argumentos de que a estação pública é de todos nós. Se algumas vez essas criticas tem fundamento, outras porém, apenas têm como objetivo a crítica fácil de um alvo vulnerável como a televisão estatal.

Críticas que voltaram esta semana, depois de os mais atentos terem apresentado queixas porque o primeiro canal não transmitiu em direto e em sinal aberto o discurso do governador do Banco de Portugal por causa do caso BES. Direção de programas e de informação decidiram relegar para um segundo plano a declaração de Carlos Costa e emitir a mesma na RTP Informação.

Não obstante a decisão ser passível de crítica devido a relevância para o interesse publico e do publico, também no canal de informação esta comunicação não teve honras de uma matéria de importância nacional. Terminada a declaração do governador do Banco de Portugal, a estação de notícias da televisão pública continuou a sua emissão com o programa Trio de Ataque onde se comentam outros mercados como o de transferências de jogadores mostrando uma estação anestesiada que os portugueses assistem estupidamente serenos e desinformados.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of

ATV News


Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close