fbpx
Falar Televisão

Exclusividades…

Os contratos de exclusividade não param. Depois de Liliana Santos, atriz que assinou nos últimos dias pela estação de Queluz de Baixo, chegou a vez de Nuno Graciano prolongar a sua ligação com o terceiro canal. Apesar de não ter ainda perspetivado nenhum trabalho para o futuro, a verdade é que basta um possível rumor de que a concorrência esteja interessada num dado profissional, para os diretores das cadeias de televisão abrirem os cordões à bolsa. Mesmo sabendo que Nuno Graciano é um valor seguro em Carnaxide, isso não significa de todo que a aproximação da TVI ao mesmo não tenha condicionado mais dois anos de exclusividade com a SIC.

Liliana Santos Exclusividades...

No caso de Liliana Santos, apesar de não ser uma das melhores da sua geração, transmite alguma simpatia nos ecrãs nacionais. Será que a estação de Queluz de Baixo tem por objetivo colocá-la ao mesmo nível que, por exemplo, Mariana Monteiro? Não sei até que ponto esta hipótese é viável, contudo não estou a ver outro rumo para a  actriz. Depois de “Ninguém como Tu” ou “Espírito Indomável”, a TVI dá assim um grande voto de confiança a Liliana Santos, impedindo a concorrência de se aproximar dela.

Estes são apenas dois exemplos do actual mercado televisivo em Portugal. Com uma SIC a conseguir aumentar o seu leque de actores, apresentadores e jornalistas, a TVI já demonstrou que tem condições para ficar com os melhores dos melhores. Independentemente de contratar jovens ou profissionais de renome, nesta área começa a ser notável que o que interessa mesmo é o poder que cada canal tem. Se, na RTP1, os contratos se processam de uma maneira um pouco diferente, nas privadas a competitividade está ao mais alto nível. Quem será o próximo exclusivo? Aceitam-se apostas!

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

4 Comentários

Clique aqui para comentar

ATV News